Polícia Ambiental resgata mais de 30 pássaros silvestres mantidos em cativeiros em Marília

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A Polícia Ambiental resgatou mais de 30 pássaros silvestres que estavam sendo mantidos em cativeiros, de forma irregular, neste fim de semana em Marília (SP).

A apreensão foi feita neste domingo (9) no Bairro Maracá II após uma denúncia de caça de pássaros silvestres. No local, a polícia encontrou um homem com dois canários da terra, em uma gaiola e em um alçapão.

Morador do Bairro Maracá II foi multado em R$ 15 mil por manter aves em gaiolas sem autorização — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Morador do Bairro Maracá II foi multado em R$ 15 mil por manter aves em gaiolas sem autorização (Fotos: Polícia Ambiental/Divulgação)

Na casa do suspeito, a polícia encontrou mais 28 pássaros silvestres irregulares e apenas um deles possuía anilha de identificação, mas com marcas de adulteração, segundo a PM.

O dono do imóvel recebeu dois autos de infração ambiental, que totalizaram R$ 15 mil, e as aves foram soltas na natureza após avaliação veterinária.

Canários da terra foram localizados em uma casa no Bairro Santa Antonieta II em Marília — Foto: Polícia Ambiental/Divulgação
Canários da terra foram localizados em uma casa no Bairro Santa Antonieta II, em Marília (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

No sábado (8), a Polícia Ambiental já havia localizado dois canários da terra em uma casa no Bairro Santa Antonieta II. Elas estavam em cativeiro irregular e não tinham anilhas de identificação, informou a equipe.

De acordo com a Polícia Ambiental, o proprietário recebeu uma multa de R$ 1 mil e as aves foram levadas para um veterinário.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes