Polícia Ambiental de Botucatu autua 6 pescadores e aplica multa de quase R$ 12 mil por pesca predatória

Fotos: Polícia Ambiental

Uma denúncia levou os policiais Sd PM Andrade e o Sd PM Fonseca até o bairro Benjamim em São Manuel, (em frente da Água Nova) onde haviam 6 pescadores estavam praticando pesca predatória, dentro do período da piracema que termina no próximo dia 28.

De acordo com informações, a equipe ao chegar no local avistou uma movimentação de pescadores armazenando pescado e petrechos.

Em posse de dois pescadores, haviam 29 redes de nylon totalizando 1015 metros de comprimento e 51 kg de pescado, incluindo espécies exóticas.

Durante a averiguação foi constatado que próximo ao local havia outro pescador na mesma atividade, utilizando uma embarcação.

Com outro pescador haviam 30 redes de nylon com 35 metros, totalizando 1050 metros de redes  e 62 kg de pescado. Alguns cascudos ainda estavam vivos e foram imediatamente devolvidos para a represa.

Nas imediações foram localizados sob uma moita de bambu, duas caixas de peixes contendo 25kg de pescado e um fardo de rede de nylon com 15 unidades totalizando 525 metros indagado.

Mais dois pescadores acabaram sendo avistados com duas redes de nylon com 30 metros cada totalizando 60 metros e mais 3 kg de pescado.

A Polícia acabou elaborando 12 autos de infração para 6 pescadores por crime ambiental, totalizando cerca de R$ 12 mil em multas. Os peixes foram apreendidos e incinerados pois não apresentavam condição de consumo.

Leia Notícias

Scroll Up