Pedro Henrique assegura entrosamento com Balbuena no Corinthians

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Pedro Henrique retornou ao time do Corinthians no empate sem gols contra o Atlético-MG, válido pela 29ª rodada do Brasileirão. Após mais de um mês fora dos gramados por conta de uma lesão na coxa esquerda, o jovem zagueiro demonstrou confiança e conseguiu neutralizar o ataque do Galo ao substituir Yago, que se lesionou ainda no primeiro tempo da partida. Agora, por conta da confirmação da lesão de seu companheiro de defesa, ele deverá receber uma nova oportunidade e começar a partida contra o Santa Cruz, nesta quarta-feira, em Cuiabá, como titular ao lado de Balbuena.

Fato é que o pouco número de jogos que Pedro Henrique realizou ao lado do zagueiro paraguaio anda preocupando os torcedores, que temem uma provável falta de entrosamento da dupla. Entretanto, segundo o defensor de 21 anos, isso não deverá ser um problema. Baseando-se em seu histórico ao lado de Balbuena, ele aproveitou para projetar uma nova grande partida, desta vez contra o Santa Cruz.

“A gente já demonstrou entrosamento no jogo contra o Atlético-MG. Joguei cinco jogos com ele e fizemos grandes cinco jogos. Acho que não preocupa essa falta de entrosamento. Estou voltando agora, mas no jogo contra o Atlético-MG mostramos que estamos bem entrosados”, afirmou.

Sem vencer há um mês pelo Campeonato Brasileiro, o Corinthians tentará aproveitar a difícil situação em que o Santa Cruz se encontra – o time pernambucano é o atual vice-lanterna, com apenas 23 pontos – para voltar a conquistar um resultado positivo e embalar em busca de uma vaga no G-6. Apesar de estar diante de um caminho mais fácil, já que a Conmebol expandiu o número de brasileiros na Libertadores do próximo ano, Pedro Henrique tratou de esclarecer que caso houvesse a continuidade de um G-4, a classificação para o torneio continental seria obrigatória da mesma maneira.

“Se fosse G4 teria que ter obrigação também. O Corinthians sempre foi assim e sempre vai ser. Agora com o G-6 temos obrigação, mas também de fazer partidas melhores, ganhar jogos. Se Deus quiser vamos encaixar e fazer uma grande sequência de vitórias para ganharmos confiança”, comentou.

“Acho que tivemos muitos jogadores lesionados, quando se lesionam perdemos peças importantes. Quem entra dá conta do recado, mas também está faltando um pouco de sorte. A bola não está entrando. Temos que encarar com seriedade esses próximos jogos”, completou o zagueiro.

Fonte: Yahoo!

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes