Pedro Castillo assume presidência do Peru

Pedro Castillo assumiu a presidência do Peru nesta quarta-feira (28) sem tempo para respirar, diante do surto mais mortal de Covid-19 do mundo, tensões no seu partido socialista e um fraco apoio no Congresso em uma nação dividida.

“Juro pela população do Peru, por um país sem corrupção e por uma nova Constituição”, disse Castillo ao assumir.

Ao assumir, ele disse que vai enviar ao Congresso um projeto de lei para convocar uma assembleia constituinte dentro do que a lei peruana permite. O novo presidente também disse que a mídia deve ser “mais bem regulada” e que os tratados de livre comércio devem ser “melhorados, priorizando o interesse nacional”. Ele ainda afirmou que a estatal e óleo e gás do país, a Petroperu, vai regular os preços de combustíveis.

Castillo prestou juramento diante do plenário do Congresso unicameral usando seu chapéu de palha de aba larga como seus conterrâneos usam em sua terra andina e natal Cajamarca, e que ele usou ao longo de toda a sua campanha eleitoral.

Logo de cara, ele anunciou a criação de um Ministério de Ciência e Tecnologia.

Pedro Castillo, presidente eleito do Peru, em foto de 15 de junho, enquanto ainda aguardava a decisão da Justiça — Foto: Martin Mejia/Arquivo/AP Photo
Pedro Castillo, presidente eleito do Peru, em foto de 15 de junho, enquanto ainda aguardava a decisão da Justiça (Foto: Reprodução)

Fonte: Yahoo!

Scroll Up