Passear, rever a família e ir à missa: idosos de asilo de Jaú revelam desejos para o fim da pandemia

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Passear no supermercado, comer em restaurante, ir à missa e visitar a família. Por mais simples que pareçam, algumas atividades do dia a dia são os maiores desejos dos idosos que moram no Lar São Vicente de Paulo, em Jaú (SP).

Neste sábado (30), durante uma atividade realizada pela psicóloga do asilo, os moradores da instituição escreveram em um quadro o que querem fazer depois do fim da pandemia de coronavírus.

“Ver todos os idosos com muita saúde”, “passar um dia na casa do sobrinho” e até “comer um porquinho a pururuca” foram alguns dos pedidos feitos pelos idosos.

Atividade com os idosos foi realizada neste sábado (30) pela psicóloga do abrigo em Jaú — Foto: Vila São Vicente de Paulo/Divulgação
Atividade com os idosos foi realizada neste sábado (30) pela psicóloga do abrigo em Jaú (Foto: Vila São Vicente de Paulo/Divulgação)

Os funcionários da instituição registraram a atividade e publicaram fotos nas redes sociais. A postagem teve dezenas de compartilhamentos.

“Eles responderam coisas tão lindas que nos fazem ver que não precisamos de muito para ser feliz, né? Que esse dia chegue logo para que seus desejos sejam realizados”, diz a publicação.

Moradores de abrigo em Jaú desejam receber visitas após o fim da pandemia — Foto: Vila São Vicente de Paulo/Divulgação
Moradores de abrigo em Jaú desejam receber visitas após o fim da pandemia (Foto: Vila São Vicente de Paulo/Divulgação)

De acordo com a Vila São Vicente de Paulo, as visitas, passeios e atividades religiosas estão suspensas no asilo por causa das orientações dos órgãos de saúde e Vigilância Epidemiológica em relação à pandemia de coronavírus.

A instituição disse ainda que os funcionários estão muito ansiosos para abrir as portas do abrigo e realizar os desejos dos moradores.

Dose de esperança

A realização dos desejos dos idosos ficou um pouco mais próxima nesta segunda-feira (1º), depois que os moradores e funcionários do asilo tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

De acordo com a instituição, a segunda dose do imunizante será aplicada no dia 22 de janeiro. “A sensação foi de muita alegria e esperança, para aqueles que estão há 11 meses privados de receber visitas de familiares e também de poder sair passear”, publicou o abrigo.

Fonte: G1 – Foto: Vila São Vicente de Paulo/Divulgação

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes