Pandas gigantes devoram ‘bolo’ para celebrar 50 anos da chegada da espécie aos Estados Unidos

A panda gigante Mei Xiang e seu filhote Xiao Qi Ji tiveram um café da manhã diferente neste sábado (16). A dupla comeu um “bolo” para celebrar 50 anos de uma visita histórica do presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon à China, em 1972.

Pandas gigantes celebram com ‘bolo’ 50 anos de acordo de preservação entre EUA e China (Foto: Reprodução)

Os pandas gigantes foram dados de presente aos EUA pelo governo chinês e estão entre os inquilinos mais famosos do Zoológico Nacional, também conhecido como Smithsonian Zoo, localizado em Washigton DC.

Além de saudar o momento histórico na relação entre os países, a comemoração também destacou o sucesso do programa global de criação de pandas gigantes, que ajudou tirar os ursos da beira da extinção.

Os pandas tomaram o tal café da manhã diante de uma multidão. O “bolo” foi feito de suco de frutas congelado, batata doce, cenoura e cana-de-açúcar e durou cerca de 15 minutos.

Os pandas gigantes Mei Xiang e Xiao Qi Ji (Foto: Reprodução)

Diplomacia dos pandas

O evento teve a presença do embaixador chinês nos Estados Unidos, Qin Gang. O diplomata elogiou os ursos como “símbolo da amizade” entre as nações. A prática dos chineses de “emprestar” pandas aos zoológicos de vários lugares do mundo tem como principal objetivo a conservação das espécies.

No entanto, analistas acreditam que essa “diplomacia dos pandas” têm outras funções estratégicas, como melhorar a imagem pública do gigante asiático e consolidar relações comerciais.

A diretora do Zoológico Nacional, Brandie Smith, e o embaixador da China, Qin Gang neste sábado (16) (Foto: Reprodução)

O par de pandas original do Zoológico Nacional era Ling-Ling e Hsing-Hsing. Desde que chegaram, em 1972, eles foram as principais atrações do zoológico, mas a gravidez dos pandas é notoriamente complicada e nenhum de seus filhotes sobreviveu.

Mei Xiang e Tian Tian – pai de Xiao Qi Ji – chegaram em 2000, e a dupla deu à luz com sucesso outros três filhotes: Tai Shan, Bao Bao e Bei Bei. Todos foram transportados para a China aos 4 anos, sob os termos do acordo do zoológico com o governo chinês.

Acordos semelhantes com zoológicos de todo o mundo ajudaram a revitalizar a população: na década de 1980, havia pouco mais de 1.000 ursos da espécie. Atualmente, os pandas gigantes foram removidos das listas de animais em perigo de extinção.

Fonte: Yahoo!