Palmeiras vence o Santos na Vila Belmiro e assume a liderança do Brasileirão

Neste domingo, o Palmeiras derrotou o Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Raphael Veiga desperdiçou seu primeiro pênalti com a camisa do Verdão, em sua 25ª cobrança, mas os visitantes triunfaram com gol de Gustavo Gómez. Assim, o Palestra assumiu a ponta da tabela, deixando o Corinthians para trás.

A primeira etapa foi bastante movimentada, com os dois times tendo chances de abrir o placar. No ápice dos 45 minutos iniciais, Marcos Leonardo chegou a mandar a bola para dentro, mas o gol foi anulado após o árbitro ver na cabine do VAR uma falta de Léo Baptistão em Zé Rafael no início da jogada.

O Santos voltou com mais volume ofensivo na segunda etapa, mas encontrou dificuldade para concluir as jogadas. Aos 22 minutos, o árbitro assinalou pênalti de Fernández em Marcos Rocha após consultar o VAR, mas Veiga desperdiçou. No entanto, o Palmeiras não se abateu e foi buscar a vitória com um gol de cabeça marcado por Gómez, após cruzamento de Scarpa.

Com o resultado, o Santos estacionou nos 11 pontos, na sétima colocação. O time volta a campo no sábado que vem, contra o Athletico-PR, às 19h (de Brasília), na Arena da Baixada. Enquanto isso, o Palmeiras foi aos 15 pontos, na primeira posição. O próximo compromisso da equipe é contra o Atlético-MG, no Allianz Parque, às 16h do domingo (5).

O primeiro chute a gol foi de Rony, de muito longe, para tranquila defesa de João Paulo. Na sequência, Veiga quase faz um golaço. Depois de carregar a bola e deixar marcadores para trás, ele arriscou finalização de fora da área e mandou à direita do gol.

O Santos respondeu em chegada pela esquerda, com Lucas Pires. Após bate e rebate e reclamação por bola na mão, a posse ficou com Sandry, que mandou muito acima do travessão. Em seguida, Baptistão teve boa chance em jogada individual. Murilo chochilou, o atacante avançou e parou apenas em Lomba.

O Palmeiras voltou a finalizar, desta vez com Scarpa. Ele recebeu dentro da área de Dudu pela esquerda e soltou o pé, à direita da meta. Zé Rafael aproveitou erro de Fernández, carregou a bola e finalizou nas mãos de João Paulo. Logo em seguida, Marcos Leonardo recebeu de costas, girou em cima da marcação e chutou à direita do gol, por cima.

Lucas Pires chegou à linha de fundo pela esquerda e cruzou para Madson, que parou em defesa de Lomba. Na sequência do lance, aos 39 minutos, Marcos Leonardo aproveitou o toque para trás de Menino e mandou para a rede com o pé esquerdo. O árbitro, no entanto, anulou o gol após consultar o VAR, identificando falta de Léo Baptistão em Zé Rafael no início da jogada.

O Palmeiras chegou em cabeceio de Rony, mandando por cima do travessão após cruzamento de Menino pela direita. Em seguida, Julio errou na intermediária, Marcos Rocha recuperou e lançou Rony, que avançou a chutou por cima do gol. Depois de escanteio pela direita, a bola sobrou para Dudu, que soltou o pé e finalizou muito alto.

Em finalização de fora da área, Julio mandou por cima do travessão. O Santos passou a controlar a partida, mas não conseguiu concluir as jogadas em gol. Aos 22 minutos, Rodrigo Fernández deu tranco por trás em Marcos Rocha, e o árbitro marcou pênalti após consultar o VAR. Na cobrança, Veiga mandou a bola na trave direita, desperdiçando seu primeiro pênalti pelo Palmeiras, em sua 25ª batida.

Aos 35 minutos, Scarpa bateu escanteio pela esquerda, Gómez subiu no alto para cabecear, viu a bola desviar em Lucas Pires e morrer na rede, abrindo o placar para o Palmeiras. O Santos respondeu com Ricardo Goulart, que recebeu a área pela direita, invadiu a área e finalizou para defesa de Lomba.

SANTOS 0 X 1 PALMEIRAS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 29 de maio de 2022, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Público: 14.220
Renda: R$ 416.655,00
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Luis Marques (ambos de SP)
VAR: Wagner Reway (PR)
Cartões amarelos: Rodrigo Fernández, Maicon, Bruno Oliveira, João Paulo, Léo Baptistão, Zanocelo (Santos); Gabriel Menino (Palmeiras)

GOL:
Palmeiras: Gustavo Gómez (34 minutos do 2º tempo)

SANTOS: João Paulo; Madson, Maicon, Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Zanocelo (Bruno Oliveira) e Sandry (Lucas Braga); Jojhan Julio (Ricardo Goulart), Léo Baptistão (Angulo) e Marcos Leonardo (Rwan Seco).
Técnico: Fabián Bustos

PALMEIRAS: Marcelo Lomba; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo (Naves) e Jorge; Gabriel Menino (Fabinho), Zé Rafael, Raphael Veiga (Atuesta) e Gustavo Scarpa; Dudu (Rafael Navarro) e Rony (Breno Lopes).
Técnico: João Martins

Fonte: Yahoo!Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras