Palmeiras goleia o Cerro Porteño e avança às quartas da Libertadores; veja os gols

O torcedor palmeirense viveu uma festa em grande estilo na noite desta quarta-feira, no Allianz Parque. Com direito a gol de bicicleta de Rony, o Palmeiras goleou o Cerro Porteño por 5 a 0 para avançar para as quartas de final da Copa Libertadores. Samudio (contra), Rony (duas vezes), Breno Lopes e Gustavo Gómez anotaram os gols da vitória.

Com a classificação, o Palmeiras agora encara o Atlético-MG nas quartas de final da competição. Para avançar de fase, o Galo venceu o Emelec, que estava no grupo do Verdão. Como tem melhor campanha, a equipe de Abel Ferreira decide o confronto em casa mais uma vez.

O Palmeiras volta a campo neste domingo, às 18h (de Brasília), quando visita o Fortaleza. O duelo é válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na competição nacional, o Verdão aparece na liderança com 29 pontos, a dois de vantagem do Athletico-PR, vice-líder.

O duelo começou sem grandes emoções nos minutos iniciais. O Cerro tentou apertar a saída de bola palmeirense e conseguiu atrapalhar a criação de jogadas inicialmente. Ainda assim, a primeira ameaça de perigo do Verdão aconteceu aos seis minutos, quando Dudu fez boa jogada pela direita e cruzou com perigo, mas Jean fez o corte.

Depois disso, porém, a partida seguiu truncada, com muitas divididas no meio de campo. Outra boa chegada do Palmeiras aconteceu aos 24 minutos, quando Wesley levantou na área, e Luan cabeceou, mas a bola passou mansa pelo lado direito da meta adversária.

Tudo mudou a partir dos 30 minutos. Rafael Navarro sentiu desconforto e deixou o gramado aos 32 minutos para a entrada de Rony. No minuto seguinte, o camisa 10 teve a oportunidade mais clara do Verdão até então. Ele recebeu cruzamento rasteiro de Wesley, mas finalizou desequilibrado e mandou para fora.

Logo depois, aos 35, a jogada foi construída pelo lado direito, e dessa vez foi Mayke quem tentou o cruzamento para Rony, mas a zaga afastou pela linha de fundo. Em jogada ensaiada na cobrança de escanteio, Raphael Veiga cruzou com veneno, e Samudio desviou de cabeça contra o próprio gol para abrir o placar para o Palmeiras.

A resposta do Cerro Porteño não demorou. Aos 41 minutos, em cobrança de falta perigosa de Aquino, Weverton fez grande defesa e mandou para escanteio. Após o tiro de canto, os paraguaios reclamaram de toque de mão dentro da área. A arbitragem, porém, mandou o lance seguir com a checagem do árbitro de vídeo.

Na volta para a etapa final, Abel Ferreira colocou Zé Rafael na vaga de Gabriel Menino. A primeira chegada do Palmeiras depois do intervalo aconteceu logo aos dois minutos, quando Luan completou de cabeça a cobrança de escanteio, mas mandou por cima.
A partida voltou a ficar bastante truncada depois disso, com algumas faltas duras dos dois lados.

O Palmeiras voltou a assustar aos 17 minutos. Zé Rafael cruzou na medida para Raphael Veiga, que apareceu nas costas da zaga e cabeceou no travessão. No minuto seguinte, Wesley recebeu em velocidade no contra-ataque e chutou cruzado, mas o goleiro Jean fez a defesa.

Aos 19, o goleiro do time paraguaio precisou trabalhar mais uma vez, quando Veiga cobrou falta com perigo em direção a área e a bola passou por todo mundo.

Depois de crescer no jogo, o Palmeiras ampliou o placar com Rony, aos 28 minutos. Quando o estádio ainda comemorava, o Verdão aproveitou o embalo para anotar o terceiro. Após boa trama coletiva pelo lado direito, Breno Lopes bateu de canhota para deixar o dele.

Não demorou muito, e a vitória virou goleada no Allianz Parque. Aos 33 minutos, Gustavo Gómez completou o escanteio de Wesley na segunda trave e deixou o dele. Já aos 37 minutos, saiu o tão esperado gol de bicicleta de Rony. Breno Lopes cruzou na medida, e o camisa 10 finalizou em grande estilo para anotar o quinto do Verdão.

PALMEIRAS 5 X 0 CERRO PORTEÑO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 06 de julho de 2022, quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Patricio Loustau (ARG)
Assistentes: Juan Belatti (ARG) e Facundo Rodriguez (ARG)
VAR: German Delfino (ARG)
Gols: Samudio (contra), aos 37 minutos do 1ºT, Rony, aos 28 e aos 37 do 2ºT, e Breno Lopes, aos 30 do 2ºT e Gustavo Gómez, aos 33 minutos (Palmeiras)
Cartões amarelos: Danilo e Rony (Palmeiras); Patiño (Cerro Porteño)
Público: 37421
Renda: R$ 2.986.884,55

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Danilo (Kusevic), Gabriel Menino (Zé Rafael) e Raphael Veiga (Atuesta); Dudu (Breno Lopes), Wesley e Rafael Navarro (Rony)
Técnico: Abel Ferreira

CERRO PORTEÑO: Jean; Alberto Espinola, Juan Patiño, William Riveros e Alan Rodríguez (Vargas); Claudio Aquino, Piris da Motta e Rafael Carrascal; Antonio Galeano (Gavilán), Braian Samudio e Marcelo Moreno (Oviedo)
Técnico: Arce

Fonte: Yahoo!Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras