Palmeiras faz acordo, e Dudu cumprirá quatro jogos por expulsão no Paulista

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Um acordo entre o departamento jurídico do Palmeiras e a Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF reduziu a pena do atacante Dudu. Punido pelo TJD da Federação Paulista de Futebol com 180 dias de suspensão pela expulsão na final do Paulistão, contra o Santos, o atleta viu na noite desta terça-feira sua pena ser reduzida para apenas seis partidas – como já cumpriu dois jogos antes de conseguir efeito suspensivo, ele ficará fora de outras quatro partidas.

Dudu foi denunciado por agressão ao árbitro Guilherme Ceretta de Lima durante o clássico na Vila Belmiro. Depois de receber o cartão vermelho, em lance com o santista Geuvânio, o atacante deu um empurrão no juiz antes de seguir para o vestiário (reveja o lance acima).

Desde o primeiro julgamento, os palmeirenses tentaram, sem sucesso, desqualificar a denúncia de agressão para ato hostil. Em maio, ele foi julgado pelo TJD da Federação Paulista de Futebol e punido com 180 dias de suspensão. Em junho, na análise do recurso, a punição foi mantida pela entidade.

Após conseguir um efeito suspensivo que deu condição de jogo ao atacante até o último domingo, o clube recorreu ao Pleno do STJD. O acordo, chamado de transação nos termos legais, já foi utilizado pelo Verdão no ano passado. Na ocasião, o clube propôs ao STJD a manutenção da primeira punição imposta ao chileno Valdivia pela expulsão contra o Flamengo.

Suspenso com três amarelos, Dudu acumula mais um jogo de suspensão e será desfalque do Palmeiras pelas próximas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro: Internacional, Figueirense, Fluminense, Grêmio e São Paulo. O atacante deve retornar ao time no torneio na 29ª rodada, quando o Verdão enfrenta a Chapecoense, em Santa Catarina, no dia 4 de outubro.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes