Pacientes são transferidos às pressas de UPA em Ourinhos por risco de falta de oxigênio

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Quinze pacientes que estavam internados na Unidade de Pronto-atendimento de Ourinhos tiveram que ser transferidos às pressas nesta terça-feira (30) devido ao risco de desabastecimento de cilindros de oxigênio na unidade, que é administrada por uma organização social contrata pela prefeitura por meio de licitação.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, cinco pacientes foram transferidos para Santa Casa da cidade e outros 10 para hospital em Assis. Ainda de acordo com a pasta, não chegou a faltar oxigênio, mas ao analisar a demanda e o estoque dos cilindros, a transferência dos pacientes foi a forma encontrada para evitar que a unidade ficasse sem o produto.

UPA de Ourinhos recebe pacientes com Covid-19  — Foto: TV TEM/Reprodução
UPA de Ourinhos recebe pacientes com Covid-19 (Fotos: TV TEM/Reprodução)

Em uma live transmitida no seu perfil nas redes sociais, o prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay informou que pelo menos 30 pacientes estavam internados na UPA com suspeita e diagnóstico positivo de Covid-19 e que a prefeitura irá fazer a transferência desses pacientes para o hospital de campanha, que funciona em um hotel.

Ainda segundo o prefeito, a ideia é que a UPA deixe de fazer os atendimentos exclusivos de Covid-19 e passe a atender casos de outras doenças.

De acordo com a prefeitura, a estrutura do hospital de campanha vai ser ampliada e ele vai passar a funcionar como um serviço de saúde de portas abertas, ou seja, que pode ser procurado diretamente pela população. Atualmente são 50 leitos com respiradores e a intenção da prefeitura é dobrar esse número.

Hospital de campanha funciona em um hotel em Ourinhos  — Foto: Adolfo Lima/TV TEM
Hospital de campanha funciona em um hotel em Ourinhos (Foto: Adolfo Lima/TV TEM)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes