Orca que matou treinadora do SeaWorld está morrendo

A orca Tilikum, que rodou os noticiários do mundo em 2010 depois de matar a sua treinadora, no SeaWorld, em Orlando (EUA), está com os dias contados. De acordo com o a própria direção do parque, o animal está morrendo de velhice e não deve resistir muito tempo.

“Ao longo das últimas semanas, o comportamento de Tilikum tornou-se cada vez mais letárgico, e as equipes de saúde animal estão preocupadas com o fato de que a sua saúde de fato está se deteriorando”, explicou o SeaWorld em nota oficial.

Segundo o jornal Metro, estima-se que a orca tenha cerca de 35 anos, idade próxima da expectativa de vida desses animais marinhos. Do sexo masculino, ele foi levado ao SeaWorld em 1983 e, desde então, protagonizou outras duas mortes além da de Dawn Brancheau, em 2010.

No ano de 1991, a treinadora Keltie Byrne caiu num tanque onde estava Tilikum e outras duas baleias e não resistiu ao ataque delas, enquanto Daniel P. Dukes, em 1999, foi encontrado morto nas costas da orca pela manhã, após pular na piscina em que ela descansava durante a madrugada. Daniel entrou no parque de noite para mergulhar, mas foi morto pelo animal, que naturalmente não é sempre amistoso.

Para os críticos dos métodos usados pelo SeaWorld para entreter os seus pagantes, a administração concluiu seu comunicado garantindo que Tilikum foi bem tratado durante as duas décadas que viveu nos tanques do parque. 

“Desde que Tilikum tornou-se uma parte da família de SeaWorld, 23 anos atrás, ele recebeu o melhor em cuidados de saúde disponível para as baleias assassinas – incluindo um foco em sua saúde física, mental e envolvimento atividade social com outras baleias. Apesar do melhor tratamento disponível, como todos os animais que envelhecem, ele luta contra problemas crônicos de saúde”, afirmou o supervisor de treinamento animal Daniel Richardville.

Tilikum e sua trajetória de vida bem longe dos oceanos são retratados no documentário “Blackfish”, de 2013, que aborda os perigos de se manter espécies selvagens em cativeiro (assista ao trailer abaixo).

Fonte: Yahoo!

Scroll Up