Operação prende jovem por tráfico e recolhe notebook para investigar denúncia de pedofilia em Piraju

A Polícia Civil realizou uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão domiciliar em Piraju (SP). Durante os trabalhos nesta quinta-feira (12), policiais prenderam um jovem de 24 anos por tráfico de drogas e, em outro local, apreenderam um notebook para investigar uma denúncia de pedofilia.

De acordo com a Polícia Civil, o jovem preso por tráfico de drogas era procurado pela Justiça do estado de Paraná pela prática de roubo. A polícia informou que ele tentou fugir durante a abordagem, mas foi contido.

Com o jovem, os policiais encontraram oito porções de cocaína, e ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas. No local, também foram apreendidas mais três porções de maconha, papéis com anotações relativas ao tráfico, celulares e um documento de identidade falso.

Jovem foi preso com porções de drogas em Piraju — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Jovem foi preso com porções de drogas em Piraju (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Ainda conforme a polícia, outro mandado de busca foi cumprido em Piraju, relacionado a uma investigação sobre pedofilia. No endereço, os policiais apreenderam mídias eletrônicas e um notebook que foi encaminhado para a perícia.

A polícia informou que o homem de 60 anos será investigado em liberdade pelo crime. A operação da Polícia Civil de Piraju contou o apoio de equipes das Delegacias de Investigações Gerais (DIG) e de Entorpecentes (DISE) de Avaré.

Fartura

Uma outra operação foi realizada nesta quinta-feira (12) em Fartura. Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na Vila Esperança, os policiais encontraram uma porção de maconha e um revólver calibre 38.

Jovem foi preso por tráfico e porte de arma em Fartura — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Jovem foi preso por tráfico e porte de arma em Fartura (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Segundo a polícia, um jovem de 27 anos assumiu a propriedade da arma de fogo, mas negou envolvimento com tráfico de drogas e disse que é apenas usuário. No entanto, o celular dele também foi apreendido e os policiais encontraram conversas em aplicativo relacionadas ao comércio de entorpecentes.

Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, e ficou à disposição da Justiça.

Fonte: G1 – Foto: Polícia Civil/Divulgação

Scroll Up