Óleo não tem casos da Covid-19, mas é reclassificada para a fase vermelha

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Mesmo sem casos confirmados da Covid-19, o município de Óleo, no interior de SP, foi reclassificado para a fase 1, a vermelha, do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena. A medida foi anunciada pelo governador João Doria (PSDB) nesta sexta-feira (19).

A cidade faz parte do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Marília, que passou da fase laranja para a vermelha, com mais restrições, de acordo com o mapa divulgado pelo governo do estado. Além de Óleo, as cidades de Timburi, com apenas um caso, e Bernardino de Campos, com 21, também recuaram de fase. O registro dos casos das três cidades é referente até a manhã desta sexta-feira (18).

Governo do Estado atualizou a situação das regiões nas fases do Plano São Paulo — Foto: Divulgação/Governo de São Paulo
Governo do Estado atualizou a situação das regiões nas fases do Plano São Paulo (Foto: Divulgação/Governo de São Paulo)

A cor no mapa é determinada por uma série de critérios, entre eles taxa de ocupação de UTIs e total de leitos a cada 100 mil habitantes. Esses indicadores são avaliados junto com dados de mortes, casos e internações por Covid-19 para determinar a fase em que se encontra cada região.

  • Fase 1, vermelha: alerta máximo, funcionamento permitido somente aos serviços essenciais
  • Fase 2, laranja: controle, possibilidade de aberturas com restrições
  • Fase 3, amarela: abertura de um número maior de setores
  • Fase 4, verde: abertura de um número maior de setores em relação à fase 3
  • Fase 5, azul: “normal controlado” – todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene
Plano do governo de São Paulo para flexibilização da quarentena no estado — Foto: Governo de SP/Divulgação
Plano do governo de São Paulo para flexibilização da quarentena no estado (Foto: Governo de SP/Divulgação)

Em nota, a Prefeitura de Timburi disse que o Executivo não concorda com a decisão do Governo do Estado de São Paulo e que as medidas deveriam ser definidas de acordo com os dados de casa município. Afirmou também que o município tem tomado todas as medidas de prevenção, como a implantação de barreiras sanitárias, além de oferecer máscaras e álcool em gel aos moradores.

“As nossas medidas preventivas continuam sendo orientação à população através das redes sociais, carros de som, banners, faixas, serviço de lavagem das ruas, distribuição de máscaras, ressaltar ainda mais os cuidados, evitar sair de casa, sair somente quando necessário, utilizar máscaras e álcool em gel”, diz Valéria Silva Andrade, secretária de Saúde de Óleo.

Em nota, a Prefeitura de Bernardino de Campos disse que vai seguir a determinação do estado e que o Comitê de Combate à Covid-19 se reuniu nesta sexta-feira para debater o assunto. Uma nova reunião será feita na segunda-feira (22) e, se necessário, o prefeito deve assinar um novo decreto.

A assessoria de imprensa da prefeitura disse também que todos os leitos clínicos estão ocupados, sendo sete no total.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes