Mulher reage a assalto no centro de Botucatu e é esfaqueada na cabeça

Uma mulher de 28 anos reagiu a um assalto no centro de Botucatu e recebeu diversas facadas no pescoço e na cabeça, na noite desta sexta-feira, 20.

De acordo com informações da vítima, ela parou seu carro na Rua Curuzu, em frente ao INSS, por volta das 23h20, para atender uma ligação no seu celular.

Quando ela estava estacionada e ao telefone, ele foi surpreendida por um bandido, que aproveitou que o vidro da janela estava aberto pela metade e anunciou um assalto.

Com o braço para dentro do carro, segurando uma faca, o marginal ordenou que a administradora de empresas entregasse o celular e a bolsa. Neste momento, a mulher reagiu e resolveu arrancar com o carro. O ladrão começou a esfaquear a vítima, acertando a cabeça, nuca e o pescoço dela. A mulher relatou ao Leia Notícias que conseguiu empurrar o homem e fugir.

Um detalhe que ela contou a reportagem é que o bandido estava de carro. “O infeliz ainda estava de carro. Parou o carro para me assaltar”, disse.

Segundo a vítima, o assaltante estava em um Fiat Pálio azul escuro. Ele vestia uma blusa com capuz, de cor cinza escuro com detalhes brancos, um shorts preto e tênis. Qualquer informação pode ser passada – de forma anônima – para a Polícia Militar (190), Guarda Civil Municipal (199) ou Polícia Civil (197).

Após o crime, a mulher foi atendida no PA da Unimed e precisou dar pontos na cabeça.

A vítima, transtornada, desabafou. “Tomei várias facada na cabeça, nuca e pescoço. A única coisa que eu queria ali, naquela hora, era uma arma para meter bala na cabeça dele, mas infelizmente nesse Brasil, nós, cidadãos de bem, não podemos nos defender. Temos que ficar quietos e entregar aquilo que suamos para conseguir. Não podemos fazer nada, porque aí nós que somos os errados”.

Ela registou Boletim de Ocorrência e a Polícia está com todas informações do criminoso.

Leia Notícias

Scroll Up