Mulher inventa estupro para chamar atenção do marido, em Botucatu

O caso do suposto estupro, em Botucatu,  que repercutiu nas redes sociais na quarta-feira (29), era uma mentira. Segundo informações do repórter César Júnior, a mulher de 44 anos que afirmava ter sido abordada por 4 homens na Vila dos Lavradores e em seguida levada para Rubião Júnior onde foi estuprada, mentiu para a polícia e para seu marido.

Segundo a delegada Dra. Simone Firmino Tuono, a farsa da mulher foi descoberta, após ela cair em contradição em seus depoimentos. No primeiro momento ela afirmava que o estuprador teria usado camisinha. Em outro depoimento ela dizia que ele não teria usado.

A suposta vítima teria passado até por exame de corpo delito e imagens de câmeras de segurança também chegaram a serem analisadas.

Após não conseguir manter sua mentira, a mulher confirmou que inventou a história para chamar a atenção do marido.

Ele responderá pelo processo de falsa comunicação de crime


 

Leia Mais: Mulher de 44 anos relata que foi abordada por 4 homens e estuprada em Botucatu


 

Leia Notícias com informações do repórter César Júnior