MP francês investiga paparazzo por foto de Macron em traje de banho

Uma investigação foi aberta a pedido do Palácio do Eliseu – sede da presidência da França – por “invasão de privacidade” após a exibição de uma foto de Emmanuel Macron em calção de banho em uma exposição em Paris, disse a promotoria da capital francesa neste domingo (26).

A informação havia sido antecipada pela rede Europe 1, uma das principais emissoras de rádio da França. O Palácio do Eliseu, contatado pela agência France Presse, disse não ter comentários sobre o caso.

“Uma investigação está em curso”, afirmou o Ministério Público da França, sem indicar os motivos exatos da investigação.

Segundo a rede Europe 1, Emmanuel e Brigitte Macron estariam na origem da denúncia que tem como alvo, em particular, um paparazzo, o autor da foto considerada ofensiva.

As fotos teriam sido expostas em uma galeria por duas semanas, em uma seleção de imagens de presidentes franceses aproveitando suas férias – inclusive o atual, Emmanuel Macron, em roupas de banho e em um jet ski.

Fotos do presidente francês de férias estamparam revistas de fofocas em 2020 (Foto: Reprodução/Voici)

A foto do presidente em seu jet ski foi tirada no ano passado e já teria “circulado na mídia”, segundo a emissora de rádio, que especificou que “o organizador da exposição de fotos foi ouvido por duas horas e meia pela polícia no início da semana”.

Thibault Daliphard, um dos fotógrafos da exposição, disse que seria interrogado pela polícia na terça-feira, mas afirmou não saber “sobre que fotos” seria o interrogatório.

Ele disse ainda que ficou muito “surpreso” com a reclamação do casal presidencial porque o Eliseu havia informado ao galerista Daniel Delamare que as fotos “incomodavam” e elas foram removidas da mostra.

“É até incompreensível”, disse Daliphard. “Mas as fotos foram, na sua maioria, já publicadas sem que tivesse havido tanto barulho no momento da sua divulgação.”

A exposição não pretendia “de forma alguma provocar ou minar a imagem do presidente”, afirmou o artista. “A intenção era apenas ver os presidentes de folga, pessoas que têm atividades [de férias] como todo mundo, oficialmente.”

“É até uma tradição presidencial ver fotos de presidentes franceses durante as férias”, desde “[Georges] Pompidou em Fort Brégançon a Emmanuel Macron, incluindo [Valéry] Giscard em roupa de banho”, afirmou.

“A foto no jet ski, mostra um presidente jovem, dinâmico, com ar quase de um Kennedy então não vejo como a imagem possa ser negativa”, lamentou o fotógrafo que disse fazer este trabalho “há 15 anos”.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up