Moradores de Itapetininga fazem passeata para homenagear vítima assassinada e pedir fim da violência contra mulheres

Um grupo de moradores foi às ruas de Itapetininga (SP) neste sábado (20) para protestar contra a violência sofrida pelas mulheres e homenagear Susana Dias Batista, moradora da cidade que foi encontrada morta e seminua após ficar um dia desaparecida.

Leia Mais

Mulher achada morta e seminua após desaparecer é enterrada em Itapetininga

Mulher que desapareceu após sair com veículo de empresa é achada morta seminua e com hematomas no rosto, no interior de SP

Com bexigas nas cores brancas e amarelas e cartazes, o grupo se reuniu na Praça do Fórum Velho, por volta das 11h30, e saiu em caminhada pelas principais ruas do centro de Itapetininga.

Nas faixas e cartazes, os moradores escreveram “quando uma mulher é morta, todas nós morremos um pouco”, “exigimos segurança”, e “estamos aqui pedindo mais segurança”.

Grupo realiza passeata para homenagear mulher achada morta e seminua em Itapetininga  — Foto: Aline Galdino/Tv Tem
Grupo realiza passeata para homenagear mulher achada morta e seminua em Itapetininga (Foto: Aline Galdino/Tv Tem)

Fonte: G1 – Foto: Aline Galdino/Tv Tem

Scroll Up