Mulher achada morta e seminua após desaparecer é enterrada em Itapetininga

Susana Dias Batista, que foi achada morta e seminua nesta quinta-feira (18), foi velada e enterrada na tarde desta sexta (19) em Itapetininga (SP).

O corpo dela foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) por volta das 12h30 e o velório foi realizado na Paróquia São João Batista. Às 15h, começou uma missa de corpo presente, e o sepultamento foi marcado para as 16h no Cemitério São João Batista.

Conforme apurado, a igreja comporta 534 pessoas e ficou lotada na tarde desta sexta-feira (19). Susana fazia parte de um grupo na paróquia que ajudava famílias em situação de vulnerabilidade.

Igreja ficou lotada para o velório de Susana em Itapetininga — Foto: Leandro Sampaio/Tv Tem
Igreja ficou lotada para o velório de Susana em Itapetininga (Foto: Leandro Sampaio/Tv Tem)
Veículo da empresa usado pela funcionária que desapareceu foi encontrado abandonado em Itapetininga (SP) — Foto: Arquivo Pessoal - Guarda Civil/Divulgação
Veículo da empresa usado pela funcionária que desapareceu foi encontrado abandonado em Itapetininga (SP) (Foto: Arquivo Pessoal – Guarda Civil/Divulgação)

A mulher de 47 anos desapareceu na quarta-feira (17) depois de sair para almoçar com a picape da empresa onde trabalhava e não voltou. Horas depois, o veículo foi achado abandonado na Avenida Wenceslau Braz com uma das rodas danificadas e os bancos empurrados para frente.

Ainda conforme o BO, o funcionário foi até o local e encontrou a picape, acionando a Polícia Militar. Familiares também tentaram entrar em contato com Susana, mas não obtiveram resposta.

Corpo encontrado

O corpo de Susana foi encontrado por parentes que faziam buscas às margens da Rodovia Vereador Humberto Pellegrini (SP-268), entre Itapetininga e Alambari (SP), onde a mulher tinha sido vista pela última vez por dois ciclistas, conforme a família.

Família encontra corpo de mulher desaparecida em Itapetininga — Foto: Karina Ricca/Tv Tem
Família encontra corpo de mulher desaparecida em Itapetininga (Foto: Karina Ricca/Tv Tem)

As polícias Militar e Civil foram até o local, assim como uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O corpo foi recolhido pela funerária e levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Itapetininga.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher tinha vários hematomas no rosto e estava usando apenas roupas íntimas. As causas da morte dela serão investigadas.

Fonte: G1

Scroll Up