Morador de Botucatu é morto com tiro no peito em bar de Rondônia

Alzenir de Souza Cabral, 34 anos, foi preso na madrugada deste sábado (12), após matar um homem identificado como Fernando de Souza, 33 anos, morador da cidade de Botucatu, e tentar contra a vida de outras pessoas. O caso aconteceu em um bar denominado na Rua Gibim, Bairro Flodoaldo Pontes Pinto, em Rondônia, no norte do Brasil. Alzenir é funcionário público municipal em Semas.

De acordo com informações do proprietário do “”Bar do Goiano”, Alzenir estava bebendo e na hora de pagar a conta afirmou que retornaria mais tarde para acertar. Ele ainda discutiu com outros clientes.

Horas depois ele retornou e pagou o débito, mas disse que iria matar um homem, que o teria ameaçado de morte. Alzenir dirigiu-se então onde estava Fernando e apontou uma arma para sua cabeça, mas a vítima reagiu e juntamente com outras pessoas tentou imobilizar o acusado. Alzenir atirou e acertou o peito de Fernando. Não satisfeito, o assassino atirou várias vezes ainda na cabeça da vítima.

Após o crime, Alzenir fugiu mas foi seguido pelo dono do bar. Na Avenida Calama, o criminoso fez vários disparos e atingiu um carro.

A PM foi acionada e rapidamente localizou o homem, que ainda tentou atirar contra a viatura mas a arma falhou. Ele se entregou em seguida.

Fernando era natural da cidade de Juiz de Fora (MG), e trabalhava em uma marcenaria na cidade de Botucatu. Desde a segunda quinzena de fevereiro, Fernando estava em Rondônia á trabalho. Ele era casado e deixa filhos.

Com informações Rondônia Agora

Scroll Up