Modelos de ar-condicionado para usar em ambientes quentes

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O verão chegou e, com ele, a necessidade de aparelhos e estratégias para reduzir a sensação de calor. O ar-condicionado surge como um dispositivo bastante procurado nesse contexto, já que ajuda a garantir o conforto térmico de uma casa, o que é fundamental para realizar atividades básicas, como dormir, relaxar e trabalhar.

Na hora de pesquisar um aparelho, muita gente acaba em dúvida de qual modelo comprar e o que priorizar. O mercado desse equipamento diversificou-se muito nos últimos anos, portanto, existem tecnologias mais avançadas, capazes de aumentar o rendimento do equipamento sem consumir mais eletricidade, entre outros.

Por isso, se você está em dúvida se deve comprar um ar-condicionado janela, um split ou um portátil, confira as características, as vantagens e os desafios de cada um deles.

Janela

Este tipo de ar-condicionado é convencional e está mais presente em residências, especialmente quartos. Ele é composto por dois elementos: um sistema de escape de ar quente voltado para fora e outro de retorno de ar fresco para dentro. Foi projetado para ser instalado em uma janela, sendo que o evaporador e o condensador ficam muito próximos.

Uma das principais vantagens é ser mais compacto, fácil de instalar sem a ajuda de profissionais especializados e, geralmente, possuir um preço acessível em comparação a outros. Além disso, ele possui um manejo mais simples. Dependendo das condições em que é usado, pode funcionar de 10 a 15 anos.

A desvantagem é produzir ruídos e consumir mais energia elétrica em comparação a outros modelos, já que possui uma tecnologia mais antiga.  Porém, existem alguns tipos mais recentes com mecanismos para regular o fluxo de energia do sistema e alterar a velocidade do compressor, o que reduz o consumo eletricidade.

Split

Atualmente, este é um dos modelos mais modernos e populares existentes no mercado. Esse aparelho possui basicamente duas partes: a condensadora (que resfria o ar que vem do lado externo) e a evaporadora  (que lança o ar frio para o ambiente que deve ser climatizado).

O aparelho split precisa de um tubo de cobre para conectar ambas as partes. Na hora da instalação, lembre-se de deixar essas duas partes próximas uma da outra, a fim de diminuir a extensão do tubo e dos fios, assim como as perdas de pressão no trajeto do ar no interior dos dutos. Tudo isso é importante para ajudar a reduzir a conta de luz no final do mês.

As principais vantagens do split são: silêncio, melhor distribuição do ar refrigerado no ambiente e discrição no local em que é instalado, o que libera mais espaço para itens decorativos. O split costuma ser mais recomendado para áreas grandes — os modelos mais potentes têm até 80 mil BTUs, unidade de potência do ar-condicionado.

Portátil

Se você imagina-se usando o ar-condicionado de forma mais pontual e não sente necessidade de deixá-lo funcionando o tempo inteiro, o modelo portátil pode ser uma opção ótima para você.

Esse modelo é leve e prático de ser carregado, sendo ideal para levar em viagens rápidas. Ele deve ser colocado perto de janelas para deixar lançar o ar quente para fora do imóvel. Outra vantagem enorme é que ele não exige instalação permanente, e costuma ter um preço mais barato em comparação a outros.

Qualquer que seja o modelo de ar-condicionado escolhido, existem algumas dicas para fazê-lo durar mais, sobretudo nos dias mais quentes. Uma delas é evitar deixar a luz solar incidir no aparelho, reduzir o uso dele em dias menos quentes, deixar o condensador em local aberto e ter cuidado na limpeza, que deve ser feita uma vez por mês.

Conteúdo Produzido para o Jornal Leia Notícias

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes