Médica é assaltada, sofre infarto e morre horas após o crime

Uma médica pediatra morreu na noite desta sexta-feira (29) após ser assaltada no bairro Vila Natal, em Cubatão, na Baixada Santista. A profissional da saúde sofreu um infarto horas após ter sido abordada pelos criminosos e chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Harolda Romualdo Pacheco dirigia seu carro pela Avenida Bandeirantes quando foi abordada por volta das 18h. Dois homens assaltaram a médica. Em seguida, a vítima deu marcha ré e deixou o local rapidamente.

Ela voltou até Cubatão e registrou um boletim de ocorrência sobre o crime. Nervosa, a pediatra retornou até o hospital onde trabalha e morreu após sofrer um infarto.

O corpo da vítima foi sepultado na manhã deste sábado (30), no Cemitério Memorial, em Santos, no litoral de São Paulo.

A prefeita de Cubatão Marcia Rosa emitiu uma nota por meio de sua assessoria de imprensa onde lamentou a morte da médica.

“Em meu nome e no da população cubatense, queremos registrar nosso sentimento de pesar pelo falecimento, na noite desta sexta-feira, da médica pediatra dra. Harolda Romualda Pacheco.

A dra. Harolda sempre foi uma pessoa muito querida por toda a comunidade, não apenas pela dedicação profissional demonstrada ao longo dos muitos anos em que atuou nesta profissão, como pela atenção e pelo carinho com que recebia todos que a procuravam.”

Marcia Rosa de Mendonça Silva
Prefeita de Cubatão

Fonte: G1

Scroll Up