Mau tempo em Donbass pode favorecer ucranianos, diz funcionário dos EUA

O clima chuvoso em Donbass, no leste da Ucrânia, pode favorecer os militares do país em sua luta contra as forças russas, que estão preparando uma ofensiva mais forte na região, disse um alto funcionário do Pentágono nesta quinta-feira(14).

Por vários dias, a chuva atingiu Donbass e espera-se que continue nos próximos dias junto com o aumento da temperatura.

“O fato de o solo estar mais macio tornará mais difícil fazer qualquer coisa fora das estradas pavimentadas”, disse o funcionário, sob condição de anonimato.

O clima já desempenhou um papel importante no norte da Ucrânia no início da invasão russa do país, quando o solo insuficientemente congelado forçou os tanques russos a viajarem em longos comboios em estradas pavimentadas, tornando-os vulneráveis aos sistemas antitanque Javelin do ucraniano forças.

A região de Donbass, localizada geograficamente em uma grande planície, é mais favorável para veículos blindados.

“O clima certamente será um fator na guerra”, acrescentou o oficial.

Por enquanto, as forças russas ainda estão se preparando para sua nova ofensiva no leste, mas o oficial evitou dar uma data precisa de quando isso aconteceria.

É “muito difícil para nós dizer com certeza… quando é o Dia D para isso”. “Até onde eles irão, o que isso significa, se é o fim, nós simplesmente não sabemos tantos detalhes neste momento”, disse o funcionário.

Ele acrescentou que os Estados Unidos acreditam que a Rússia quer “alcançar alguns objetivos físicos tangíveis em Donbass nas próximas duas semanas”.

O presidente francês Emmanuel Macron estimou recentemente que seu colega russo, Vladimir Putin, concentraria seus ataques em Donbass para alcançar uma vitória associada ao 9 de maio, aniversário da tomada da Alemanha nazista em 1945.

Fonte: Yahoo!