01 março, 2024

Últimas:

Marcelo Teixeira é eleito presidente do Santos

Anúncios

Pela terceira vez na história, Marcelo Teixeira será o presidente do Santos.

Neste sábado, em uma eleição marcada pela tensão e pela violência de torcedores organizados, Teixeira foi eleito ao cargo com 53% dos votos válidos e derrotou seus quatro concorrentes ao cargo. O dirigente terá o advogado Fernando Bonavides como vice.

Anúncios

Teixeira recebeu 4.762 mil votos – sendo 1.270 nas urnas físicas dispostas no Ginásio Athiê Jorge Cury e no salão de mármore da Vila Belmiro, e outros 3.492 mil votos on-line.

Por ter sido a única chapa com mais de 20% dos votos, o grupo de Teixeira terá 100% das cadeiras do Conselho Deliberativo.

Anúncios

– Agradecer a confiança do associado. O que hoje deveria ser uma festa da democracia, o momento não é tão propício porque não estamos tão felizes com este ano. Mas, de qualquer maneira, as urnas são soberanas e os votos muito expressivos demonstram a confiança no nosso trabalho e nosso projeto. Diante disso, terminada as eleições, queremos que o Santos seja único, que todos estejam unidos para que estejamos trabalhando, a partir de janeiro de 2024, para que tenhamos a chance e oportunidade de recolocar o Santos no seu devido patamar – discursou o novo presidente.

Veja o resultado das eleições presidenciais do Santos:

  1. Marcelo Teixeira – 4.762 votos
  2. Maurício Maruca – 1.378 votos
  3. Rodrigo Marino – 1.073 votos
  4. Ricardo Agostinho – 1.011 votos
  5. Wladimir Mattos – 562 votos

Durante a votação presencial na Vila Belmiro, torcedores organizados bateram boca com Celso Jatene – atual presidente do Conselho Deliberativo – e instantes depois tentaram invadir o Ginásio Athiê Jorge Cury. O Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado para conter a violência, disparou tiros de bala de borracha e uma pessoa foi detida.

Os desafios do novo presidente

O novo presidente ocupará o cargo de 2024 a 2026 e terá como principais missões recolocar o Santos na Série A do Campeonato Brasileiro e reorganizar as finanças do clube, que sofrerá uma significativa redução de receita com a queda de divisão e a não classificação para a Copa do Brasil do ano que vem.

Teixeira assume o cargo no dia 1º de janeiro, porém inicia a transição de poder com o atual presidente Andres Rueda a partir da próxima segunda-feira.

Os primeiros atos de gestão devem ser concentrados na diminuição do elenco e a folha salarial – estimada em R$ 11 milhões mensais – e a busca por um novo treinador.

Em 2024, o Santos disputará apenas o Campeonato Paulista e a Série B do Campeonato Brasileiro. No primeiro semestre, o Peixe terá como missão chegar ao mata-mata do estadual depois de três anos seguidos de ausência – situação que deve recolocá-lo na Copa do Brasil em 2025.

Quem é Marcelo Teixeira?

Figura influente na política do Santos, Marcelo Teixeira presidiu o Santos de 1992 a 1993 e depois de 2000 a 2009. Em seus dois primeiros mandatos, o dirigente conquistou o bicampeonato brasileiro (2002 e 2004) e o bicampeonato paulista (2006 e 2007).

A segunda gestão do cartola ficou marcada pelo time de Diego e Robinho, que encantou o Brasil e, além dos títulos nacionais, deu ao Peixe o vice-campeonato da Copa Libertadores em 2003.

O novo presidente do Santos é pró-reitor de uma universidade na Baixada Santista que pertence à sua família. Além da atuação na área da educação, o dirigente é proprietário de uma emissora de televisão e de uma rádio.

Fonte: G1 – Foto: Raul Baretta/Santos FC

Últimas

Faculdade promove Summit: Explorando impacto da IA no mercado de trabalho

01/03/2024

Um evento desenvolvido pela Faculdade Sirius, afim de explorar o impacto da inteligência artificial no mercado...

Categorias