Lava de vulcão nas Canárias chega a casas e milhares de pessoas fogem

A erupção do vulcão do parque Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, Espanha – a primeira erupção em 50 anos -, forçou a retirada de cerca de 5.000 pessoas (entre elas, cerca de 500 turistas), disseram nesta segunda-feira (20) os responsáveis pela operação. A expectativa é que não seja necessário retirar mais gente.

Não há registro de nenhuma morte.

Lava passa perto de casa na ilha de Las Palmas, no arquipélago das Canárias, em 20 de setembro de 2021 — Foto: Borja Suarez/Reuters
Lava passa perto de casa na ilha de Las Palmas, no arquipélago das Canárias, em 20 de setembro de 2021 — Foto: Borja Suarez/Reuters

O vulcão entrou em erupção no domingo. A lava tomou casas e florestas. A rocha derretida fluiu em direção ao Oceano Atlântico. Veja abaixo um vídeo do vulcão nesta segunda-feira (20).

Isso aconteceu em uma região pouco povoada da ilha de La Palma. Essa é a ilha que fica no ponto mais ao noroeste das Canárias. Com uma população de 85 mil habitantes, essa é uma das oito ilhas do arquipélago na costa oeste da África (o ponto mais próximo do continente é o Marrocos, a 100 km).

O vulcão continuava ativo nesta segunda-feira. Na ilha, há uma fumaça densa que sai do vulcão, e as casas estão em chamas.

Casa foi destruída depois de ser atingida por lava de vulcão na ilha de Las Palmas, em 20 de setembro de 2021 — Foto: Borja Suarez/Reuters
Casa foi destruída depois de ser atingida por lava de vulcão na ilha de Las Palmas, em 20 de setembro de 2021 (Foto: Reprodução)

“A lava se movimenta em direção à costa, e os danos serão materiais. De acordo com os especialistas, há um volume de lava entre 17 milhões e 20 milhões de metros cúbicos”, disse o presidente regional Angel Victor Torres.

Cada metro cúbico de lava equivale a mil litros.

Casas destruídas

Até a manhã desta segunda, foram destruídas cerca de 100 casas, disse Mariano Hernandez, presidente do conselho de La Palma.

A vila de El Paso foi uma das atingidas pela lava. Cerca de 20 casas nesse local foram tomadas pela lava, que também invadiu a estrada e ameaça outras vilas.

 Lava é expelida de vulcão no parque nacional Cumbre Vieja em El Paso, na ilha de La Palma, no domingo (19) — Foto: Desiree Martin/AFP
Lava é expelida de vulcão no parque nacional Cumbre Vieja em El Paso, na ilha de La Palma, no domingo (19) (Foto: Reprodução)

O vulcanologista Nemesio Perez disse que, a não ser que alguém se comporte de forma inapropriada, não deve haver nenhuma morte.

Stavros Meletlidis, doutor em vulcanologia do Instituto Geográfico Espanhol, disse que a erupção abriu cinco fissuras na encosta e que não tinha certeza de quanto tempo ela pode durar. “Temos que medir a lava todos os dias e isso nos ajudará a descobrir”, afirmou.

Em 1971, quando houve uma outra erupção na ilha, um homem morreu ao tentar tirar fotografias de perto.

 Lava é expelida de vulcão no parque nacional Cumbre Vieja em El Paso, na ilha de La Palma, no domingo (19) — Foto: FORTA/Handout via Reuters
Lava é expelida de vulcão no parque nacional Cumbre Vieja em El Paso, na ilha de La Palma, no domingo (19) (Foto: Reprodução)

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, adiou sua viagem a Nova York prevista para participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e se deslocou para La Palma. Está lá desde a noite para acompanhar a evolução das operações.

O vulcão do parque Cumbre Vieja estava sob estrita vigilância havia uma semana, devido a uma forte recuperação de sua atividade sísmica.

Foram registrados mais de 22 mil tremores na última semana na área de Cumbre Vieja, uma cadeia de vulcões que teve uma grande erupção em 1971 e é uma das regiões vulcânicas mais ativas das Canárias.

Fonte: Yahoo!

Scroll Up