Jonathan Cafú diz que abriu mão de dinheiro pelo Corinthians e que merece chance

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Jonathan Cafú diz estar preparado para as cobranças do torcedor do Corinthians por boas atuações e gols. Atacante de velocidade, ele disse que não chegou à toa no Timão e que os responsáveis por sua contratação consideraram sua experiência na Europa ao concluírem a transferência.

– Viram qualidade no meu futebol, no meu trabalho. Já joguei os grandes campeonatos mundiais, joguei duas Champions League. Não é à toa que eles viram um potencial. Creio que posso agregar muito para o time do Corinthians nesse três anos. Viram esse meu histórico no passado – disse o jogador, em sua apresentação, nesta terça-feira.

– Foram me buscar na Arábia Saudita para eu ser esse jogador (para dar profundidade), Mancini pode contar comigo. Quero mostrar meu potencial e meu trabalho para dar alegria a essa torcida.

O atacante de 29 anos assinou um contrato longo com o Timão. Livre depois de rescindir com o Bordeaux, da França, que era dono de seus direitos, e com o Al-Hazm, da Arábia Saudita, onde estava emprestado desde janeiro, o jogador chega ao Timão para um contrato válido até dezembro de 2023.

Ele diz que não se preocupa com o fato de o clube ter três meses de salários atrasados.

– Pelo contrário, abri mão de metade do meu salário para vir. Não posso dar posição para você (sobre salários atrasados), estou aqui para jogar meu futebol. Mostrar meu trabalho para a nação corintiana.

Jemerson, Andrés Sanchez e Jonathan Cafú Corinthians — Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians
Jemerson, Andrés Sanchez e Jonathan Cafú (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

O torcedor do Timão tem visto o jogador com desconfianças por conta dos poucos gols marcados em clubes recentes. Ele afirma que vai ajudar a equipe ofensivamente.

– Sou um jogador velocista. Gosto de jogar pela esquerda vindo para dentro. O gol virá naturalmente. Vou me cobrar muito por ele, para pisar na área, para ajudar a equipe do Corinthians. (…) Vou responder jogando dentro das quatro linhas, a resposta vem jogando bola e fazendo gols. Isso que vai mudar a opinião deles (torcedores) sobre mim – afirmou.

Jonathan Cafu teve uma infância corintiana. Ele falou sobre a chance de defender o time que torce. Em 2015, ficou seis meses no arquirrival São Paulo.

– É passado o São Paulo. Pensar no presente. Passei por lá, não fui muito bem. Agora, é virar a página. Estou no Corinthians, foco aqui. Sou corintiano desde pequeno, minha família toda é. Minha relação é isso: desde quando me entendo por gente, sou corintiano e vai ser assim pelo resto da vida.

O jogador foi perguntado se já está apto para jogar, mas preferiu não dar um prazo para entrar em campo. Afirmou apenas que é importante “dar tempo ao tempo” e “não meter os pés pelas mãos”.

Fonte: G1 – Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes