Itaí, Laranjal Paulista, Conchas, Cerqueira César e Piraju recuam para fase laranja da flexibilização a partir desta 2ª feira

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Após o anúncio da prorrogação da quarentena no estado de São Paulo, muitas cidades da região precisaram recuar da fase 3 do plano de flexibilização do governo paulista para a fase 2, indicada pela cor laranja, a partir desta segunda-feira (15).

Com isso, todos os serviços não essenciais deverão funcionar com restrições e diminuição da carga horária. Atividades relacionadas a barbearias, salões de beleza, centros de estética, academia de ginástica ou que possam gerar aglomeração de pessoas estão suspensas.

Confira quais cidades recuaram de fase:

Itaí

A Prefeitura de Itaí (SP) publicou um novo decreto informando a redução do horário de funcionamento do comércio em geral, que deverá funcionar somente por quatro horas diárias, de segunda-feira a sábado, das 9h às 13h.

Nessa nova fase, todas as atividades ligadas a salões de beleza, barbearias e centros de estética precisaram ser totalmente suspensas.

Segundo o Executivo, bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e docerias poderão continuar trabalhando através dos serviços de drive-thru ou delivery. As feiras livres poderão ser realizadas desde que não haja consumo dos produtos no local.

No entanto, a prefeitura afirma que é obrigatório que todos os comerciantes e moradores respeitem a obrigatoriedade das regras de higienização com álcool 70%, distanciamento entre as pessoas de no mínimo dois metros e sempre utilizem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras.

É obrigação do estabelecimento responsável pelo comércio e de prestação de serviços adotar as medidas necessárias para impedir a entrada e permanência de pessoas que não estiverem utilizando máscaras de proteção facial.

Laranjal Paulista

Prefeitura de Laranjal Paulista adota novas medidas para combater o coronavírus — Foto: Prefeitura de Laranjal Paulista/Divulgação
Prefeitura de Laranjal Paulista adota novas medidas para combater o coronavírus (Foto: Prefeitura de Laranjal Paulista/Divulgação)

Em Laranjal Paulista, as regras também vão precisar mudar a partir desta segunda. Muitos estabelecimentos comerciais não essenciais terão que fechar as portas novamente. Entretanto, o Executivo informou que o município vai recorrer judicialmente da decisão.

Conchas

Conchas está entre as cidades que deverão recuar para a fase 2 do Plano São Paulo — Foto: Prefeitura de Conchas/Divulgação
Conchas está entre as cidades que deverão recuar para a fase 2 do Plano São Paulo (Foto: Prefeitura de Conchas/Divulgação)

A região de Conchas também regrediu para a fase 2 e, a partir de segunda-feira, terá que restringir o funcionamento das atividades não essenciais.

Poderão funcionar, com restrições, imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércios e galerias, desde que todos obedeçam às regras impostas pelas autoridades municipais, estaduais e órgãos de Saúde.

Todas as atividades terão o horário de funcionamento diminuído, sendo permitidas quatro horas diárias, das 8h às 12h.

Comércios do ramo de comidas e bebidas podem funcionar em sistema de delivery ou drive-thru e salões de beleza, barbearias e academias de ginástica estão proibidas de abrir as portas.

Cerqueira César

Prefeitura de Cerqueira César — Foto: Reprodução/TV TEM
Prefeitura de Cerqueira César (Foto: Reprodução/TV TEM)

Com a mudança de fase no plano de flexibilização da quarentena, os comércios do município de Cerqueira César (SP) deverão respeitar o horário de atendimento reduzido de quatro horas, das 9h às 13h.

Conforme o Executivo, podem funcionar, seguindo o horário decretado, imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércio em geral (com restrições), ateliês de costura, corretoras de seguros, clínicas estéticas, autoescolas e despachantes, respeitando as regras e seguindo a intensificação das ações de higiene, limpeza e informação sobre a Covid-19.

Os estabelecimentos deverão restringir o número de clientes no interior do estabelecimento na proporção de até 20% da capacidade máxima estabelecida pelo alvará de funcionamento.

Além disso, ficam proibidos nesse período a abertura e funcionamento de salões de beleza, barbearias, academias de esportes de todas as modalidades e espaços que promovam aglomeração de pessoas.

Bares, restaurantes, lanchonetes, cafeterias, padarias, pizzarias, supermercados e similares podem funcionar em sistemas de delivery ou drive-thru.

Em caso de descumprimento das normas, há o risco de perder o alvará de licença e funcionamento do estabelecimento, que será imediatamente suspenso, tendo que paralisar as atividades.

Piraju

Mesmo na fase 2 do plano de flexibilização da quarentena no estado de São Paulo, um decreto municipal autoriza a abertura de salões de beleza e barbearias em Piraju (SP).

O decreto determina o funcionamento de lojas, comércio atacadista e varejista, concessionárias, imobiliárias, escritórios, barbearia, salões de beleza e clínicas de estética de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h e sábado das 9h às 15h.

Segundo a prefeitura, no caso das barbearias, salões de beleza e clínicas de estética, o atendimento deve ser feito exclusivamente com agendamento prévio, com intervalo entre marcações para higienização do local.

O horário de funcionamento de lanchonetes, restaurantes e similares poderá ser estendido até meia-noite pelo sistema delivery.

O novo decreto estabelece também que os hotéis e pousadas poderão funcionar com limite de 40% da capacidade de pessoas no refeitório. A mesma regra também deve ser seguida pelos outros estabelecimentos, ainda de acordo com a prefeitura.

É necessário manter as medidas de prevenção contra o coronavírus, como o uso de máscaras e álcool em gel.

A decisão, conforme a prefeitura, levou em conta a autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) que garante autonomia de prefeitos e governadores para determinarem medidas para o enfrentamento da doença.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes