Internado para tratar câncer, Pelé se recupera de infecção urinária

O ex-jogador Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, permanece no hospital Albert Einstein, em São Paulo, para continuar o tratamento contra um tumor de cólon. Segundo nota assinada pelos médicos que o acompanham, divulgada nesta segunda-feira (21), os exames de rotina detectaram uma infecção urinária, que prolongou a internação do Rei do Futebol, no hospital desde o último dia 13 de fevereiro.

“Suas condições clínicas são estáveis, e a alta hospitalar deve acontecer nos próximos dias”, conclui a nota, assinada pelo geriatra e endocrinologista Fabio Nasri, pelo oncologista Rene Gansl e pelo diretor-superintendente Médico e de Serviços Hospitalares do Albert Einstein, Miguel Cendoroglo Neto.

Pelé foi submetido a uma cirurgia para retirada do tumor no cólon em setembro. Ele ficou quase um mês internado na ocasião, ficando parte do período na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A previsão é que ele retorne pelo menos uma vez por mês ao hospital para continuar o tratamento.

A última manifestação de Pelé nas redes sociais foi no domingo (20), quando parabenizou a federação de futebol da Arábia Saudita pelo primeiro jogo oficial da seleção feminina do país. Um dia antes, no sábado (19), ele relembrou a época em que jogou nos Estados Unidos, postando uma foto em que fazia embaixadinha com a bola oval, de futebol americano.

Fonte: Agência Brasil