Guarda Costeira espanhola resgata 45 migrantes; um estava morto

Um navio da Guarda Costeira espanhola comunicou neste domingo (17) que resgatou 45 migrantes no Oceano Atlântico. Os resgatados foram levados para o Porto de Arguineguin, na Gran Canária, na Espanha. Um deles estava morto.

A Cruz Vermelha disse que todos os resgatados eram homens da área do Magrebe e não deu mais detalhes. O Magrebe fica na Região Noroeste da África e é formado por Argélia, Marrocos, Tunísia, Líbia, Saara Ocidental e Mauritânia.

Não são raras as chegadas de migrantes ao país pelo mar.

Em 2018, a Espanha chegou a pedir uma ‘solução europeia’ após chegada de 1.200 migrantes em dois dias. A Espanha é o país mais próximo do Marrocos, localizado no continente africano.

Em 18 de maio deste ano, a Espanha enviou de volta ao Marrocos 2,7 mil dos 6 mil migrantes que entraram em Ceuta, um enclave da Espanha no Marrocos.

Outro país também procurado pelos migrantes é a Itália, vizinha da Espanha. Em agosto deste ano, uma embarcação com mais de 500 pessoas à bordo foi encontrada à deriva perto da costa da Itália.

Guarda costeira da Itália encontrou a embarcação à deriva repleta de pessoas, algumas das quais feridas — Foto: EPA via BBC
Guarda costeira da Itália encontrou a embarcação à deriva repleta de pessoas, algumas das quais feridas (Foto: Reprodução/BBC)

Fonte: Yahoo!

Scroll Up