13 abril, 2024

Últimas:

Freira revela as últimas palavras de executado em presídio nos EUA

Anúncios

A freira católica Helen Prejean revelou quais foram as últimas palavras de Ivan Cantu, executado aos 50 anos, em 28 de fevereiro, em presídio de Huntsville (Texas, EUA), pelos assassinatos de um primo e da namorada dele. O condenado ficou no corredor da morte por 20 anos.

Ivan Cantu (Foto: Divulgação/Texas Department of Criminal Justice)

Helen, que esteve ao lado do condenado na etapa final do processo, contou ao “NCROnline” que, instantes antes de receber a injeção letal, Ivan declarou: “Eu vou voar”.

Anúncios

“Tudo é surreal. Eles colocaram Ivan em uma posição cruciforme. Era como a pintura da crucificação de Dali, de cabeça para baixo. Ele disse: ‘Bem, estou ansioso.’ Eu falei, ‘Sim, você está ansioso. Claro que você está ansioso. Você sabe que Jesus estava ansioso. Este é o grande momento’.”, comentou ela.

“Eu não matei James e Amy. Eu vou voar”, finalizou Ivan.

Anúncios

O diretor, então, deu o sinal para aplicar a injeção.

“Rapidamente Ivan respirou fundo três vezes. E então sua boca se abriu. Acabou”, recordou a religiosa, uma importante defensora americana da abolição da pena de morte nos EUA.

Ivan e a mãe, Sylvia, com quem ele esteve pouco antes de ser executado (Foto: Reprodução)

Nas últimas palavras oficiais de Ivan, ele dirigiu-se às famílias das vítimas:

“Gostaria de me dirigir às famílias Kitchens e Mosqueda. Quero que saibam que nunca matei James e Amy.”

O caso de Ivan ganhou grande repercussão e até celebridades se manifestaram pedindo que ele fosse poupado. Kim Kardashian, Martin Sheen e Jane Fonda fizeram campanha para que o condenado tivesse outro destino.

Fonte: Extra

Últimas

Anfavea quer volta do Salão do Automóvel

12/04/2024

Anúncios O presidente da Associação Nacional de Veículos Automotores, Mário de Lima Leite, disse nesta sexta-feira...

Categorias