17 de julho, 2024

Últimas:

Ferroviária vence o São Paulo nos pênaltis e vai à final do Brasileirão feminino

Anúncios

A Ferroviária está na final do Campeonato Brasileiro feminino. Neste sábado, o São Paulo até venceu o jogo de volta da semi, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, por 2 a 0, após perder na ida, por 3 a 1, mas acabou levando a pior nos pênaltis, por 3 a 1.

Os gols do São Paulo no tempo regulamentar foram marcados por Ariel e Micaelly. Mas, nos pênaltis, quem brilhou mesmo foi a goleira Luciana, que defendeu duas cobranças, sendo a heroína da Ferroviária em Araraquara.

Anúncios

O adversário da Ferroviária na grande final do Campeonato Brasileiro feminino será o Corinthians, que eliminou o Santos na outra semifinal vencendo as duas partidas, por 3 a 0 e 2 a 0, e é o atual tricampeão.

O São Paulo fez um primeiro tempo avassalador na Fonte Luminosa. A equipe comandada por Thiago Viana começou a partida em uma rotação acima das adversárias e conseguiu acabar com a vantagem construída pela Ferroviária no jogo de ida antes do intervalo.

Anúncios

Depois de várias oportunidades criadas e muito trabalho para a defesa rival, o São Paulo abriu o placar aos 36 minutos com Ariel. Micaelly fez o cruzamento pela esquerda, e a camisa 94 cabeceou no cantinho para colocar o Tricolor em vantagem.

A Ferroviária mal teve tempo de digerir o primeiro gol sofrido e já veio o segundo. Seis minutos depois de Ariel balançar as redes foi a vez de Micaelly cobrar falta na área, a bola passar por todo mundo e acabar indo direto para o fundo das redes.

No segundo tempo a Ferroviária acordou e passou a gerar dificuldades ao São Paulo, algo que não aconteceu no primeiro tempo. As donas da casa tiveram algumas chances para descontar, mas a goleira Carlinha fez boas defesas para manter o Tricolor em vantagem.

Restando poucos minutos para o fim do jogo, Mônica ficou com o grito de gol da Ferroviária entalado na garganta ao cobrar falta com categoria, carimbando o travessão. Acuado, o São Paulo passou a concentrar seus esforços em se defender e acabar levando a decisão para os pênaltis, o que acabou acontecendo.

Penalidades

Nas penalidades, melhor para a Ferroviária, que venceu o São Paulo por 3 a 1, com destaque para a goleira Luciana, que defendeu duas cobranças, a de Pardal e a de Ariel, autora de um dos gols são-paulinos no tempo regulamentar.

São Paulo
Cacau – trave
Pardal – goleira defendeu
Ariel – goleira defendeu
Maressa – gol

Ferroviária
Luana – gol
Laryh – goleira defendeu
Eudimilla – gol
Mylena Carioca – gol

Fonte: CBF –

Talvez te interesse

Últimas

O pioneiro da cooperação visual acredita que a inovação pertence à tela e lança uma série de novos recursos que...

Categorias