Exército abre 218 vagas em dois concursos

Instituto Militar de Engenharia fica na Praia Vermelha, no Rio (Foto: Reprodução)

Aqueles que desejam ingressar na carreira militar poderão disputar 190 oportunidades: do total, 70 são para quem tem apenas o nível médio e 120 para quem cursou o ensino superior em Medicina, Farmácia ou Odontologia. As chances oferecidas são para o Instituto Militar de Engenharia (IME) e a Escola de Saúde do Exército (Essex), respectivamente.

No IME, as 70 vagas são para o Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa do Quadro de Engenheiros Militares. Além deste, há mais 28 cadeiras para o Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Reserva do Quadro de Engenheiros Militares, que contempla os interessados que não pretendem continuar como militares.

Os dois concursos exigem que os candidatos sejam brasileiros natos, com 16 a 21 anos, ensino médio completo ou que estejam cursando a última série. As inscrições vão até 1º de setembro e custam R$ 100.

Na Essex, os Cursos de Formação de Oficiais do Serviço de Saúde do Exército exigem título de especialista na área em que o candidato tiver interesse em atuar, além de idade até 36 anos, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano da matrícula, além de ter, no mínimo, 1,60m (homens) ou 1,55m (mulheres). Quem quiser concorrer deve se cadastrar até 5 de agosto e pagar a inscrição de R$ 130.

Saiba mais sobre os concursos

IME – O vestibular será composto por provas objetivas de Matemática, Física e Química. A segunda fase terá provas discursivas de Matemática, Física, Química, Português e Inglês. Também haverá inspeção de saúde e exame de aptidão física. Para se inscrever e conhecer as opções de Engenharia, acesse www.ime.eb.br.

Essex – A seleção será feita por meio de teste intelectual, exame de aptidão física, revisão médica e comprovação dos requisitos biográficos. Mais informações podem ser obtidas por meio do site www.essex.ensino.eb.br. Os que fizerem o curso passarão à situação de primeiro-tenente do Serviço de Saúde do Exército.

Fonte: Extra

Scroll Up