24 de junho, 2024

Últimas:

EUA derrubam terceiro objeto voador em três dias

Anúncios

Os militares dos Estados Unidos derrubaram um outro objeto voador neste domingo (12), na região do Lago Huron, perto da fronteira entre EUA e o Canadá. Essa é a quarta interceptação desse tipo por caças americanos neste mês.

A informação inicial foi dada pelo deputado Jack Bergman, do estado de Michigan. Ele disse no Twitter que os militares “desativaram outro ‘objeto’ sobre o Lago Huron. Agradeço a ação decisiva de nossos pilotos de caça”.

Anúncios

Autoridades do governo confirmaram a ação para a agência Reuters.

Gráfico do FlightRadar24 mostra trajetória de avião da Força Aérea dos EUA sobre o Lago Huron, na fronteira com o Canadá — Foto: Reprodução/FlighRadar24
Gráfico do FlightRadar24 mostra trajetória de avião da Força Aérea dos EUA sobre o Lago Huron, na fronteira com o Canadá (Foto: Reprodução/FlighRadar24)

Os oficiais das Forças Armadas falaram sob condição de anonimato e não deram detalhes sobre a última aparição do objeto. Eles também não disseram se era manobrável ou se estava simplesmente flutuando com as correntes de ar.

Anúncios

Um oficial das Forças Armadas disse também que o objeto tinha uma estrutura octagonal, que aparentemente não carregava nenhuma carga e que os EUA não têm nenhuma indicação de que o objeto poderia ser uma ameaça ou que tivesse propósito de vigilância.

O objeto havia sido detectado recentemente sobre o estado de Montana, o que levou ao fechamento do espaço aéreo dos EUA, disse a autoridade.

Esse objeto foi abatido por um míssil Sidewinder, no espaço aéreo dos EUA, a uma altitude de 6.100 metros (a essa altura, o objeto poderia interferir no tráfego aéreo doméstico).

Esse é o terceiro objeto voador que os EUA derrubaram em três dias. Além disso, em 4 de fevereiro um caça militar americano derrubou um balão chinês que seria usado para espionagem.

Imagem do modelo de um dos aviões militares que sobrevoam o Lago Huron pouco após um objeto não identificado ter sido abatido no local (Foto: Reprodução/Wikipedia)

O outro objeto abatido ainda é procurando

Investigadores canadenses estão procurando os destroços de um objeto voador não identificado que foi abatido por um jato dos EUA sobre o território de Yukon no sábado.

“Equipes de resgate estão no local, procurando encontrar e analisar o objeto”, disse o primeiro-ministro Justin Trudeau a repórteres neste domingo.

Alerta para invasões aéreas

Esses dois países da América do Norte estão em alerta para invasões de seus espaços aéreos desde o aparecimento de um balão chinês branco nos céus americanos, no início deste mês.

Os americanos dizem que a China usava o balão de 60 metros de altura era usado para espionar, mas o governo chinês nega, e diz que era apenas para pesquisas sobre o clima.

Isso gerou um incidente internacional: o secretário de Estado Antony Blinken cancelou uma viagem planejada para a China em apenas algumas horas antes de ele partir.

Fechamento de espaço aéreo

Duas vezes em 24 horas, as autoridades americanas fecharam o espaço aéreo e reabriram rapidamente.

No domingo, a Administração Federal de Aviação fechou brevemente o espaço acima do Lago Michigan. No sábado, os militares dos EUA enviaram caças em Montana para investigar uma anomalia de radar lá.

Fonte: G1

Talvez te interesse

Últimas

Um dos títulos traz informações para quem atua na direção de negócios e o outro aborda o impacto da gestão...

Categorias