EUA dão à Ucrânia mais US$800 mi em ajuda militar

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira (13) mais US$ 800 milhões em assistência militar à Ucrânia, expandindo o escopo dos sistemas fornecidos para incluir artilharia pesada, antes de um provável ataque russo mais amplo no leste da Ucrânia.

O pacote, que eleva a ajuda militar total desde a invasão das forças russas em fevereiro para mais de US$ 2,5 bilhões, inclui sistemas de artilharia, veículos blindados de transporte de pessoal e barcos de defesa costeira não tripulados, disse Biden em comunicado após telefonema com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy.

Biden afirmou que também aprovou a transferência de helicópteros adicionais, dizendo que o equipamento fornecido à Ucrânia “tem sido crucial” ao enfrentar a invasão.

“Não podemos descansar agora. Como assegurei ao presidente Zelenskyy, o povo americano continuará ao lado do bravo povo ucraniano em sua luta pela liberdade”, disse Biden.

O novo pacote inclui 11 helicópteros Mi-17 que foram destinados ao Afeganistão antes do colapso do governo apoiado pelos EUA no ano passado. Também inclui 18 obuses de 155 mm, juntamente com 40 mil cartuchos de artilharia, radares de contra-artilharia, 200 veículos blindados e 300 drones “Switchblade” adicionais.

Fonte: Agência Brasil