Em alta, dietas caseiras para pets exigem suplementação e formulação adequada, alerta especialista

Dono da segunda maior população de cães e gatos do mundo – cerca de 75 milhões de animais de companhia –, o Brasil é palco do crescimento impressionante do negócio de alimentos para pets, representando cerca de 73,9% do faturamento dos 0,36% que o mercado pet representa para o PIB brasileiro, segundo informações da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

Ocorre, porém, que esse mercado está abrindo espaço para experiências nutricionais que devem ser muito bem pensadas, como a adoção de alimentos não convencionais, popularmente chamada de dietas caseiras para cães e gatos. “Entre os motivos que dão força a esse movimento estão a humanização dos cães e gatos e a busca do tutor pela diversificação e experiência alimentar no momento da refeição. Por isso, tutores estão disponibilizando o seu tempo para cozinharem e oferecem o alimento para o seu pet. São várias razões para explicar o boom do mercado de ‘marmitas’ prontas para pets”, explica a médica veterinária Mayara Baller, executiva de vendas externas Pet/Acqua da MCassab Nutrição e Saúde Animal.

Porém, reforça Mayara, “nem sempre o alimento é preparado de maneira adequada para atender às necessidades nutricionais de cães e gatos, podendo gerar deficiências em  alguns nutrientes”.

A especialista informa que a alimentação natural preparada em casa, sem acompanhamento de um profissional (médico veterinário ou zootecnista) não consegue, sozinha, atender às necessidades nutricionais dos cães e gatos. Nesse momento, entram os prestadores de serviços especializados em produção de marmitas caseiras “para atender as exigências nutricionais com a escolha de matérias primas de qualidade, e indicar a suplementação de vitaminas e minerais adequados e necessários para cada caso”, afirma a executiva da MCassab.

“De acordo com as necessidades nutricionais dos cães e gatos, é possível criar fórmulas de suplementos sob medida para cada receita ou fase, incluindo ingredientes funcionais para os diferentes sistemas como articulação e imunidade. Além disso, é possível formular soluções inteligentes, que contribuem para o aumento na palatabilidade ou para melhorar a saúde intestinal, por exemplo”.

A executiva da MCassab reforça que, para a produção dessas fórmulas customizadas, são utilizados ingredientes rastreáveis que garantem a proteção e a estabilidade dos alimentos, refletindo-se em qualidade da saúde e bem-estar animal.

Assim, para que as empresas de marmita pet possam oferecer um produto completo e balanceado, com todos os minerais e vitaminas necessários na alimentação dos animais de companhia, é possível contratar indústrias capazes de realizar formulações personalizadas.

“A MCassab atua no mercado de nutrição animal há 50 anos. Temos conhecimento, experiência e contamos com modernos laboratórios para atendermos as formulações dos diferentes segmentos da indústria PetFood. Nosso diferencial é a atuação no ciclo completo: começando com escolha minuciosa das matérias-primas, passando por formulação, apresentação e até personalização da embalagem de acordo com a necessidade do cliente. Ainda, por termos ótimo relacionamento com fornecedores nacionais e internacionais homologados, podemos atender à solicitação de formulações exclusivas”, pontua Mayara. A MCassab dispõe de know-how e tecnologias para atender exatamente o que o mercado deseja, com garantia de pesagem assistida e certificada em BPF e HACCP, se tornando a primeira premixeira que faz suplementação para dietas caseiras. “A indústria PetFood tem altos padrões de qualidade, por isso não abrimos mão de entregar soluções seguras desde as matérias-primas até os produtos acabados”, destaca.