Elenco do Palmeiras passará por avaliações físicas na terça-feira

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

O Palmeiras informou neste sábado que, a partir de terça-feira, os 30 jogadores do elenco passarão por avaliações físicas, fisiológicas e bioquímicas.

Essa permissão foi concedida pelo Governo de São Paulo na última sexta-feira, com a determinação de um rígido protocolo de segurança. No dia anterior, o clube já havia iniciado os testes para Covid-19 com seus atletas e membros da comissão técnica no Hospital Sírio Libanês.

No hospital, eles também passaram por exames de sangue, uroanálise e avaliações cardiopulmonares. Na segunda-feira, véspera da reapresentação, serão feitos novos testes para o coronavírus.

Segundo o clube, os jogadores agora seguirão análises detalhadas, desde medição de temperatura corporal e questionários (clínico e de bem-estar) a aferições de peso corporal, percentual de gordura, marcadores bioquímicos, além de testes de força e resistência em campo.

A intenção é averiguar e corrigir eventuais perdas e deficiências físicas que a quarentena e o consequente afastamento dos treinos específicos possam ter causado.

Os jogadores serão divididos em duas turmas, que se apresentarão em períodos alternados e serão subdivididas em três grupos de cinco atletas, utilizando simultaneamente os três campos do centro de treinamento – assim, cada atleta estará espaçado do outro por no mínimo 20 metros.

Novos procedimentos

No retorno ao centro de treinamento, depois de três meses, o elenco terá que seguir novas medidas, compiladas em um manual de boas práticas elaborado pelo Núcleo de Saúde e Performance junto a profissionais do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital Sírio Libanês.

Na chegada ao local, caso apresente febre ou algum sintoma de gripe, o profissional será orientado a retornar para casa e comunicar o médico do clube. Para minimizar o risco de contágio, todos serão orientados sobre as precauções de higiene pessoal e a forma correta de utilização da máscara.

Haverá disispensadores de álcool em gel em todos os ambientes, e os vestiários não serão utilizados. Cada atleta será responsável pelo próprio uniforme e equipamentos. Eles terão acessórios de suplementação, nutrição e hidratação individuais e serão orientados a seguirem para casa ao final das atividades.

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes