Eleito vereador, vice assume cadeira de prefeito que morreu por Covid-19 em Pardinho

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Dois dias após a morte do prefeito de Pardinho (SP), Benedito da Rocha Camargo Júnior (PSDB), que morreu aos 79 anos por complicações da Covid-19, o vice-prefeito Célio de Barros (PSDB), 44 anos, assumiu na noite desta quarta-feira (16) o Executivo da cidade de pouco mais de 6,5 mil habitantes.

Ele, porém, ficará no cargo por apenas 15 dias, até o próximo dia 31 de dezembro, quando termina a atual legislatura.

No dia seguinte, em 1º de janeiro, Célio de Barros assume uma cadeira na Câmara de Vereadores, cargo conquistado nas eleições deste ano, com 141 votos. Este será seu quarto mandado como vereador na cidade.

Barros foi o sétimo vereador mais votado entre os nove parlamentares eleitos. A posse como novo prefeito aconteceu na noite desta quarta, em solenidade realizada na Câmara de Vereadores da cidade.

Sem tempo para administrar a cidade, Barros explica apenas que vai fechar o atual mandato e entregar o Executivo em ordem para o próximo prefeito, o Dr. José Luiz (Cidadania), eleito no último dia 15 de novembro com mais de 61% dos votos.

Vítima da pandemia

Dito Rocha, como era conhecido na cidade o ex-prefeito de Pardinho, foi enterrado na manhã de terça-feira (15) no Cemitério Municipal da cidade. O sepultamento ocorreu após cortejo e velório na cidade.

Prefeito que morreu com Covid é enterrado em Pardinho — Foto: Pedro Zacchi/TV TEM
Prefeito que morreu com Covid é enterrado em Pardinho (Foto: Pedro Zacchi/TV TEM)

Dito Rocha estava internado em São Paulo desde o último dia 5, com quadro grave de Covid-19.

Os moradores de Pardinho fizeram um cortejo pela cidade antes de seguirem para o Velório Municipal, onde a cerimônia teve início por volta das 9h20. Dito foi sepultado às 10h30 da terça-feira (15).

Dito Rocha foi prefeito de Pardinho em seis oportunidades — Foto: Facebook/Reprodução
Dito Rocha foi prefeito de Pardinho em seis oportunidades (Foto: Facebook/Reprodução)

Nas redes sociais, a página oficial da Prefeitura de Pardinho informou que decretou luto e outras prefeituras da região prestaram homenagens ao chefe do Executivo.

“Foi um líder para nossa cidade, para todos nós em Pardinho. Foi um pai, um professor que nos ensinou a vida pública”, comentou Barros. Dito Rocha comandou a cidade em seis legislaturas.

Moradores fizeram cortejo pela cidade antes do velório do prefeito de Pardinho — Foto: TV TEM/Reprodução
Moradores fizeram cortejo pela cidade antes do velório do prefeito de Pardinho (Foto: TV TEM/Reprodução)

O ex-prefeito foi o terceiro morador de Pardinho a morrer por complicações da Covid-19. Até esta quinta-feira, a cidade registrava 254 casos confirmados da doença, sendo que destes 241 moradores conseguiram se curar.

Dito Rocha é também o segundo prefeito do centro-oeste paulista a morrer com a doença. Antes dele, logo no início da pandemia, Antônio Carlos Vaca (PSDB), prefeito de Borebi, também não resistiu e morreu no último dia 20 de maio.

Prefeito de Pardinho estava internado em SP com Covid-19  — Foto: Facebook/Reprodução
Prefeito de Pardinho estava internado em SP com Covid-19 (Foto: Facebook/Reprodução)

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes