22 de junho, 2024

Últimas:

Ebrahim Raisi, presidente do Irã, morre em queda de helicóptero, diz TV estatal

Anúncios

O presidente iraniano, Ebrahim Raisi, morreu aos 63 anos na queda de um helicóptero, informou a TV estatal do Irã nesta segunda-feira (20).

Raisi, que foi eleito em 2021 e tinha mandato até 2025, era a 2ª pessoa mais importante do Irã, atrás apenas do aiatolá Ali Khamanei, líder supremo do Irã e de quem o atual presidente era um protegido e possível sucessor.

Anúncios

Segundo a imprensa oficial iraniana, o helicóptero caiu numa reunião montanhosa do Irã em razão das más condições climáticas durante um voo que trazia Raisi e outras autoridades do vizinho Azerbaijão.

A queda ocorreu entre as aldeias de Pir Davood e Uzi, na província iraniana de Azerbaijão Oriental, cerca de 600 quilômetros a noroeste de Teerã, a capital iraniana.

Anúncios

Como foi o acidente

Na manhã deste domingo (19), a TV estatal iraniana informou que o helicóptero em que viajava o presidente e outras autoridades tinha realizado um pouso forçado perto de Jolfa, uma cidade na fronteira com o Azerbaijão, Teerã. Raisi estava viajando pela província iraniana do Azerbaijão Oriental.

O presidente esteve no Azerbaijão na manhã de domingo para inaugurar uma barragem com o presidente do país vizinho, Ilham Aliyev. A barragem é a terceira que as duas nações construíram no rio Aras.

Mais tarde, a agência de notícias da República Islâmica (IRNA) reportou que o helicóptero caiu ao tentar aterrissar na região de Varzaqa. As buscar foram dificultadas pelo mau tempo na região.

Durante as buscas, um oficial iraniano afirmou à agência de notícias Reuters que “estavam esperançosos, mas que as informações sobre o acidente são preocupantes”.

O chefe das forças armadas iranianas, Mohammad Bagheri, deu ordens para que todos os recursos militares e da guarda revolucionária fossem utilizados nas operações de busca e resgate, afirmou a TV estatal.

Durante as buscas, Ilham Aliyev, presidente do Azerbaijão, pediu orações para o presidente iraniano em publicação em sua conta oficial no X, antigo Twitter. A Rússia e a Turquia enviaram aeronaves, drones e socorristas para auxiliar nas buscas.

Quem era Ebrahim Raisi

Ebrahim Raisi, de 63 anos, se tornou presidente do Irã em 2021. Com um turbante preto e um longo manto religioso, ele se apresentava como o defensor das classes desfavorecidas e como um “paladino anticorrupção”.

Era considerado ultraconservador e partidário declarado da ordem atual em seu país. Antes de se tornar presidente, foi o líder do judiciário do Irã. Ele enfrentava acusações de abusos de direitos humanos, que ele teria cometido na época em que era juiz. Ele teria participado de uma execução em massa de dissidentes do regime iraniano em 1988. Cerca de 3.000 pessoas foram executadas sem nenhum processo judicial.

Raisi, que era dado como favorito, venceu as eleições presidenciais no Irã já no primeiro turno em 2021. Seu mandato seria de quatro anos. De acordo com resultados oficiais parciais divulgados em 19 de junho daquele ano, o ultraconservador obteve mais de 62% dos votos – de 28,6 milhões de votos apurados, Raisi obteve mais de 17.800.000.

Fonte: G1 – Foto: Reprodução/IRNA

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Levantamento divulgado nesta semana pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em conjunto com o Fórum Brasileiro de Segurança...

Categorias