Dólar fica estável ante real; euro fecha em queda após bater R$ 3,80

O dólar fechou praticamente estável ante o real nesta terça-feira (29), à espera das votações no Congresso Nacional das novas metas fiscais e dos destaques à medida provisória que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) e com a redução da aversão ao risco após novo episódio de tensão geopolítica envolvendo a Coreia do Norte.

A moeda norte-americana subiu 0,03%, vendida a R$ 3,1632, depois de bater a máxima de R$ 3,1774 e a mínima de R$ 3,1587, segundo a Reuters. 

Já o euro fechou em queda de 0,27%, a R$ 3,7864, após ter superado o patamar de R$ 3,80 pela primeira vez em mais de 1 ano e meio.

A alta do euro aconteceu em meio a valorização da moeda frente ao dólar depois que o lançamento de um míssil pela Coreia do Norte afetou o apetite global por risco.

Pela manhã, o euro foi acima de US$ 1,20 pela primeira vez desde janeiro de 2015, depois que o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, optou na semana passada por não fazer comentários que provocassem a depreciação da moeda. O euro acumula alta de 14% ante o dólar até agora neste ano.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que “todas as opções estão sobre a mesa”, sinalizando que não haverá trégua para o governo de Pyongyang.

Fonte: G1