Dólar fecha a R$ 5,19 e bate novo recorde

O dólar fechou em alta nesta quarta-feira (18), encostando em R$ 5,20, com o foco dos investidores na decisão do governo de pedir ao Congresso Nacional para reconhecer estado de calamidade pública em razão da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Além disso, o mercado aguarda pelo anúncio da nova taxa básica de juros no Brasil, que será divulgada às 18h.

A moeda norte-americana subiu 3,79% e fechou o dia negociada a R$ 5,1955, renovando recorde de fechamento nominal (sem considerar a inflação). Na máxima do dia, o dólar chegou a R$ 5,2575. No ano, a moeda acumula alta de 29,57%.

O Banco Central voltou a atuar nos mercados nesta quarta-feira, ofertando aos mercados leilões de linha com compromisso de recompra no valor de até US$ 2 bilhões. A autarquia já havia realizado intervenção semelhante na terça-feira e na sexta da semana passada.

Na terça-feira, o dólar fechou em queda de 1,10%, a R$ 5,0056. Na máxima, bateu R$ 5,0845 – maior cotação nominal (sem considerar a inflação) já registrada no país.

Fonte: Valor

Scroll Up