Bovespa fecha em forte queda com novo ‘circuit braker’ e volta ao patamar de agosto de 2017

A bolsa de valores brasileiras, a B3, fechou em forte queda nesta quarta-feira (18). No início da tarde, a Bovespa chegou a ter os negócios suspensos depois de recuar mais de 10%.

A queda da bolsa acompanhou os mercados globais, em meio a temores de que nem mesmo a série de medidas anunciadas por governos e bancos centrais para combater os impactos do coronavírus será suficiente para evitar uma recessão global.

O Ibovespa despencou 10,35%, a 66.894 pontos. Na mínima, chegou a 63.546 pontos. É o menor patamar de fechamento desde 3 de agosto de 2017 (66.777 pontos).

O chamado ‘circuit breaker’ foi acionado às 13h18, quando o Ibovespa recuava 10,26%, a 66.961 pontos. Esse mecanismo é disparado pela bolsa para interromper o pregão sempre que ocorrem oscilações muito bruscas e atípicas no mercado de ações. A bolsa voltou a operar às 13h53, com queda de 10,24%.

Desde que a pandemia do coronavírus teve início, o circuit breaker foi acionado seis vezes em apenas oito sessões. A última vez foi na segunda (16), quando o Ibovespa chegou a cair 13,92%. As paralisações já se igualam ao observado em 2008, quando a economia global sucumbiu aos efeitos da crise financeira.

Fonte: Valor

Últimas

Botucatu: Obituário 3 de agosto

03 ago 2021

Antônio Sérgio Dias Justimiano- 57 anos Sepultamento 03/08/21 às 13h no Cemitério Portal das Cruzes Velório...

Categorias

Scroll Up