Cuecas, chinelos e rosquinhas escondiam drogas em Penitenciária de Bauru

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

Os centros de Progressão Penitenciária (CPPs) I e II de Bauru (Dr. Alberto Brocchieri e Dr. Eduardo de Oliveira Vianna, respectivamente) registraram apreensões de drogas.

Na primeira unidade, por volta das 15h desta terça-feira (4), agentes de segurança localizaram 16 micropontos de k4, droga popularmente conhecida como maconha sintética, camuflados no cós de duas cuecas enviadas pelo irmão do preso.

Mais cedo, às 10h40, o CPP II registrou flagrante de um microponto de k4 em embalagem de fio dental e uma porção de maconha escondida em um par de chinelos. Os entorpecentes foram descobertos em encomenda encaminhada pela irmã do detento.

Na Segunda-feira

Na segunda-feira, o CPP II de Bauru registrou mais três apreensões distintas de drogas. No primeiro flagrante, agentes localizaram 42 micropontos de k4 camuflados em filtros de cigarros, durante revista em pacote enviado pela esposa do preso.  

Na sequência, em outra encomenda inspecionada pela equipe, foram localizados dez pedaços de papel contendo o mesmo entorpecente. Neste caso, a droga sintética havia sido escondida no meio de uma toalha de banho encaminhada pelo pai do detento.

Rosquinhas

A última apreensão ocorreu por volta das 16h desta segunda-feira (3). Na ocasião, os funcionários flagraram dez gramas de maconha em pacote de rosquinhas enviado pela mãe do preso.

O CPPs I e II de Bauru registraram boletins de ocorrência e instauraram procedimentos internos para apurar os casos. 

Assessoria

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes