Cruzeiro e São Paulo acertam troca de Neilton e Hudson por empréstimo

Hudson era um desejo antigo da diretoria do Cruzeiro (Foto: Divulgação)

Cruzeiro e São Paulo acertaram a troca por empréstimo de Neilton por Hudson. A transferência foi finalizada na manhã desta quinta-feira e anunciada pelos dois clubes no início da tarde. O acordo vale por um ano. Paulistas e mineiros têm opções de compra fixadas em contrato ao término do período.

Neilton veste a camisa do São Paulo no CT da Barra Funda (Foto: Divulgação)

Com o uniforme do São Paulo, Neilton esteve no hospital Hcor, na capital paulista, para fazer exames nesta quinta-feira. A imagem circulou nas redes sociais e sua legitimidade foi confirmada pelo agente do jogador, Hamilton Bernard. Posteriormente, ele foi ao CT da Barra Funda e posou para fotos com a camisa do Tricolor.

Hudson é o terceiro reforço da Raposa, que já havia confirmado o zagueiro equatoriano Caicedo e o lateral-esquerdo Diogo Barbosa. Neilton também é o terceiro acertado com o Tricolor, que já havia fechado com o goleiro Sidão e o atacante Wellington Nem. Para ir para a capital paulista, ele teve de estender seu contrato por mais seis meses, com o vínculo indo até o final de 2018. A medida foi realizada para impedir que o jogador já assinasse um pré-contrato quando o contrato de empréstimo com o São Paulo se encerrasse.

Hudson era um desejo antigo da diretoria. No final de 2015, houve a busca pelo jogador, mas a negociação não foi para frente. No meio do ano, um novo interesse surgiu, mas novamente não foi possível. O Cruzeiro buscava um volante, já que não acertou a permanência de Denilson, que voltou para os Emirados Árabes, e deverá negociar Bruno Ramires e Federico Gino. 

O São Paulo havia manifestado interesse anterior por Willian, mas os salários do atacante foram considerados caros e por isso ele foi descartado. Houve tentativa de incluir Michel Bastos em um acordo com o Cruzeiro, mas a opção foi negada. Neilton estava emprestado ao Botafogo nos dois últimos anos e se destacou na campanha de classificação à Libertadores.

Paralelamente a isso, o Tricolor quer um centroavante de área. O clube negocia com o paraguaio Colmán, do Nacional do Paraguai, mas se irritou com a postura dos paraguaios, que adiaram respostas, e cogita desistir da transferência. Pessoas ligadas ao atleta afirmam que a operação não deve mais ser realizada.

Em 2016, Hudson fez 49 jogos e um gol. Sua melhor fase foi na disputa da Taça Libertadores, competição em que o Tricolor foi eliminado na semifinal. Mas ele caiu de rendimento assim como todo o time na parte final da temporada. Neílton, por sua vez, teve boa temporada pelo Botafogo, clube pelo qual fez 54 jogos e 12 gols.

Fonte: G1

Scroll Up