Cratera na Marginal Tietê aumenta e ocupa 3 faixas da pista local

A cratera aberta na Marginal Tietê, na Zona Oeste de São Paulo, nesta terça-feira (1º), aumentou de tamanho e já afetou três das quatro faixas da pista local. O desabamento ao lado das obras da Linha 6-Laranja do Metrô ocorreu por volta das 9h da manhã.

Após o desmoronamento, todas as pistas da Marginal Tietê, sentido rodovia Ayrton Senna, chegaram a ser interditadas. Mas, por volta das 13h, o trânsito foi liberado nas pistas central e expressa na altura do acidente. Mais tarde, pouco depois das 16h30, o asfaltou voltou a desabar, aumentando as dimensões do buraco, e técnicos da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) voltaram a interromper o trânsito na pista central.

Alargamento da cratera na pista local da Marginal Tietê após desmoronamento em obra do Metrô nesta terça-feira (1) em São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo
Alargamento da cratera na pista local da Marginal Tietê após desmoronamento em obra do Metrô nesta terça-feira (1) em São Paulo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Em entrevista à TV Bandeirantes, o diretor da CET, Hemilton Inouye, declarou que a liberação das pistas central e expressa ocorreu por orientação de funcionários da empresa responsável pelas obras do Metrô.

“Na realidade houve uma avaliação da empresa responsável pela obra do Metrô, ela informou que tinha condições de segurança, nós liberamos baseados nesta avaliação técnica. Imediatamente após essa situação de que começou o desmoronamento nós fechamos novamente e cobramos da empresa uma reavaliação da situação por questões de segurança”, disse Inouye.

Cratera na pista local da Marginal Tietê após desmoronamento em obra do Metrô nesta terça-feira (1) em São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo
Cratera na pista local da Marginal Tietê após desmoronamento em obra do Metrô nesta terça-feira (1) em São Paulo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Mais cedo, durante entrevista no local do acidente, o governador João Doria (PSDB) declarou que a liberação do tráfego de veículos na via era segura.

“Essa pista da Marginal Tietê e a alça serão liberadas de imediato porque já se constatou que não há nenhum risco para a operação desta pista. Já vai aliviar bastante o trânsito que se acumulou. Em poucos minutos haverá a liberação segura desta pista [central]. A pista interna não, ela continuará imobilizada”, disse Doria por volta das 13h.

Na pista local, que permanece interditada, o trânsito está sendo desviado para o corredor da Av. Ermano Marchetti/Marquês de São Vicente, e os veículos retornam para a Marginal na altura da Praça Pedro Corazza. Além dos desvios, a CET suspendeu nesta terça o rodízio municipal de veículos.

Cratera na Marginal Tietê em canteiro de obras do Metrô nesta terça (1) em São Paulo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Em uma reunião na tarde desta terça, técnicos da empresa e de órgãos da prefeitura e do estado de São Paulo decidiram que o buraco que surgiu na Marginal Tietê deve ser preenchido com rochas. As pedras devem ser colocadas para fechar a cratera.

Os técnicos definiram ainda que as faixas que desabaram da pista local também devem ser preenchidas. A ideia é eliminar a umidade e estabilizar o terreno.

No começo da noite, três caminhões com pedras chegaram ao local do incidente, trazendo as pedras que devem ser usadas para preencher o buraco.

Fonte: G1