Cratera aumenta na rodovia Orvalino da Costa e há risco de desabamento, diz Defesa Civil

AdSense Postagem 01

Postagem Única 01 Mobile

A cratera que abriu na rodovia Orvalino da Costa, em Taquarituba (SP), e deixou parte da pista interditada aumentou após forte chuva registrada nesta quarta-feira (7) , segundo o coordenador da Defesa Civil Vagno da Costa. Em um dia, a largura passou de sete para nove metros.

De acordo com Vagno, há risco de desabamento no local se continuar chovendo nos próximos dias. Por isso, o trecho, que liga Taquarituba a Tejupá (SP), seguirá interditado por tempo indeterminado.

“A cratera já aumentou dois metros em sua largura em um dia. Se continuar a chuva, a tendência é aumentar ainda mais, porque o solo está úmido e a tendência é aumentar a cratera. O risco iminente de desabar é grande, por isso vai continuar interditado o trecho”, diz.

O prefeito de Taquarituba José Clóvis de Almeida informou que a cidade vai decretar estado de emergência. Os engenheiros da prefeitura estão analisando os estragos para elaborarem o orçamento para a Defesa Civil do Estado. Segundo ele, tudo deve ser feito ainda nesta semana.

A prefeitura também afirma ainda que o desvio adotado para o trecho da rodovia será através do bairro Lageado, que é mais rápido. Porém, o desvio pelo bairro do Barreiro, que aumenta 15 quilômetros no percurso, também estará disponível.

Asfalto de rodovia cedeu devido à forte chuva em Taquarituba (Foto: Pedro Salgado/TV TEM)
Asfalto de rodovia cedeu devido à forte chuva em Taquarituba (Foto: Pedro Salgado/TV TEM)

Prejuízos

O produtor Euclides Visensoti afirma que se preocupa com o trecho interditado, já que precisa trafegar pelo local para escoar a produção. “Dificultou demais. A safra está chegando e a safra do milho está saindo. Esse desvio, que é longe, vai acarretar no frete”, diz.

O agricultor familiar Valdir Garbeloti diz que está fazendo o transporte das hortaliças “no braço”. “A gente está atravessando na mão. Um carro fica de um lado e o outro do outro lado para poder suprir o mercado. Os desvios não têm condições de estarmos usando”, ressalta.

Além dos 85 produtores rurais que usam o trecho para escoar a produção, há moradores que viajam de ônibus para Taquarituba todos os dias para trabalhar. Luis Carlos Rodrigues afirma que, se o trecho não for arrumado o quanto antes, todos terão prejuízos. “Eu espero que eles tomem providência o mais rápido. Muitos dependem do transporte para trabalhar.”

Asfalto cedeu após forte chuva e há risco de desabamento, diz Defesa Civil (Foto: Reprodução/TV TEM)
Asfalto cedeu após forte chuva e há risco de desabamento, diz Defesa Civil (Foto: Reprodução/TV TEM)
Valdir Garbeloti diz que trecho interditado traz prejuízos (Foto: Reprodução/TV TEM)
Valdir Garbeloti diz que trecho interditado traz prejuízos (Foto: Reprodução/TV TEM)

 

Fonte: G1

Postagem Única 02 Mobile

Anunciantes