29 de maio, 2024

Últimas:

Corinthians empata com o Fortaleza pelo Brasileirão

Anúncios

O Corinthians tentou, pressionou, martelou, mas não conseguiu tirar o zero do placar e só empatou com o Fortaleza neste sábado, na Neo Química Arena, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe criou inúmeras chances de gol, mas esbarrou em ótimas defesas de João Ricardo e ficou no 0 a 0. Com isso, o Timão soma mais um ponto e pula para a 12ª posição, com cinco. O Leão do Pici, por sua vez, é o décimo colocado, com um ponto a mais.

Anúncios

O Corinthians agora vira a chave para a Sul-Americana. Na próxima terça-feira, a equipe visita o Nacional-PAR, pela quarta rodada da fase de grupos do torneio. A bola rola a partir das 19h (de Brasília), no Paraguai. Já no Brasileiro, o próximo compromisso do Timão é contra o Flamengo, no próximo sábado, no Maracanã.

Já o Fortaleza encara o Nacional Potosí-BOL na quarta-feira, às 21h, na Bolívia, também pela Sul-Americana. O Leão do Pici recebe o Botafogo na Arena Castelão na próxima rodada do Brasileirão, no domingo que vem.

Anúncios

O jogo começou estudado, sem muitas chances de gol para os dois lados. Só aos 11 minutos, Fagner pegou um rebote e arriscou de muito longe, mas João Ricardo defendeu sem sustos.

Aos 12, Fagner apareceu novamente, desta vez para cruzar na medida para Romero, que dominou na pequena área e chutou rasteiro, no cantinho, mas João Ricardo se esticou e fez a defesa. O Fortaleza respondeu aos 14. Breno Lopes foi lançado por Pochettino, ficou de frente com Carlos Miguel e tentou tirar do goleiro, mas mandou para fora.

João Ricardo salvou o Fortaleza de sair atrás do placar aos 23 minutos. Wesley fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Raniele, que cabeceou firme para o gol, mas viu o goleiro operar um milagre. Aos 30, o arqueiro apareceu outra vez para defender um chute de Garro, da entrada da área.

Aos 31, Wesley tabelou com Romero e sofreu uma falta perigosa da entrada da área. O paraguaio bateu com categoria e até balançou as redes, mas pelo lado de fora, assustando João Ricardo. Teve torcedor que chegou a comemorar gol.

Assim como no primeiro tempo, o Corinthians voltou do intervalo pressionado e criando boas chances. Logo aos seis minutos, Garro enfiou um bolão para Hugo, que invadiu a área e bateu de canhota, mas João Ricardo novamente fez uma grande defesa. A bola chegou a resvalar na trave.

Aos nove, após uma cobrança de escanteio, Félix Torres cabeceou para o chão e quase viu a bola lá dentro, mas João Ricardo fez outro milagre e espalmou para fora. Ela não entrava por nada!

Do outro lado, Carlos Miguel também precisou trabalhar. Aos 13 minutos, Hércules dominou dentro da área e soltou uma pancada, mas o goleiro do Timão defendeu. Aos 17, o arqueiro agiu rápido com os pés e fez um belo lançamento para Matheuzinho, que saiu frente a frente com João Ricardo e tentou uma cavadinha, mas mandou para fora.

O Timão quase abriu o placar aos 31 minutos. Wesley cruzou para Bidon, que arriscou de letra, mas viu João Ricardo ficar com a bola. Aos 14, o Fortaleza respondeu e quase marcou. Moisés fez grande jogada individual, limpando dois marcadores, e chutou no cantinho, mas a bola raspou a trave e se perdeu pela linha de fundo.

O Corinthians até tentou pressionar o Leão do Pici em busca do gol nos minutos finais, mas não conseguiu marcar o gol e ficou no empate com sabor amargo em Itaquera.

CORINTHIANS 0 X 0 FORTALEZA

Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data: 04 de maio de 2024 (sábado)
Horário: às 21h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Cartões amarelos: Breno Lopes, Tinga, Brítez, Pedro Augusto, Yago Pikachu e Marinho (Fortaleza); Raniele (Corinthians)
Cartões vermelhos: Nenhum
Público: 42.678 torcedores
Renda: R$ 2.761.561,00

CORINTHIANS: Carlos Miguel; Fagner (Giovane), Félix Torres, Cacá e Hugo; Raniele (Fausto Vera), Breno Bidon (Paulinho) e Rodrigo Garro; Gustavo Mosquito (Matheuzinho), Romero (Pedro Raul) e Wesley.
Técnico: António Oliveira

FORTALEZA: João Ricardo; Tinga, Emanuel Brítez, Titi e Bruno Pacheco; Hércules, Pedro Augusto (Zé Welison) e Tomás Pochettino (Machuca); Yago Pikachu (Marinho), Breno Lopes (Moisés) e Renato Kayzer (Lucero).
Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Fonte: CBF – Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Talvez te interesse

Últimas

Estudo divulgado nesta 3ª feira (28) confirma que mineração é um dos setores com emissões mais baixas de gases de...

Categorias