25 fevereiro, 2024

Últimas:

Coreia do Norte dispara quarto míssil em uma semana enquanto Sul exibe força militar

A Coreia do Norte disparou dois mísseis balísticos de curto alcance em direção ao mar em sua costa leste no sábado, horas antes da Coreia do Sul realizar um grande show militar, exibindo caças furtivos e seus próprios mísseis.

O quarto lançamento de Pyongyang em uma semana ocorre em meio a uma enxurrada de demonstrações militares por países da região, incluindo exercícios antissubmarinos conjuntos na sexta-feira pelas marinhas da Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão.

A vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, visitou a região esta semana, encontrando-se com o presidente sul-coreano Yoon Suk-yeol em Seul na quinta-feira.

As Coreias rivais estão em uma corrida armamentista regional que viu um grande aumento de armas e gastos militares.

Marcando o 74º Dia das Forças Armadas da Coreia do Sul, Yoon condenou o que chamou de recentes provocações militares do Norte e prometeu fortalecer exercícios militares conjuntos com os Estados Unidos.

“O governo fortalecerá ainda mais os exercícios conjuntos Coreia-EUA, responderá fortemente às provocações e ameaças norte-coreanas, mostrando-lhes a ‘Aliança em Ação'”, disse Yoon em um discurso televisionado.

Ele e oficiais militares observaram uma grande demonstração de armamento avançado, incluindo vários lançadores de foguetes, mísseis balísticos, tanques de batalha, drones e aviões de combate F-35, entre outros sistemas.

Os militares dos EUA demonstraram caças e aeronaves de ataque. Imagens do evento mostraram Yoon saudando na parte de trás de um carro conversível enquanto passava por fileiras de tanques e outras armas.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas impôs sanções ao Norte por seus mísseis balísticos e testes nucleares. Pyongyang rejeita tais medidas como violação de seu direito soberano de autodefesa e exploração espacial.

CORRIDA DE MÍSSEIS

Os dois mísseis de curto alcance de sábado foram lançados de Sunan, ao norte da capital Pyongyang, disse o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul em comunicado. Estimou-se um alcance em 350 km (220 milhas) e 30 km (20 milhas) de altitude e velocidade de Mach 6.

A guarda costeira do Japão relatou pelo menos dois testes de mísseis balísticos suspeitos por Pyongyang. Os mísseis voaram 400 km e 350 km, atingindo uma altitude de 50 km, disse Toshiro Ino, ministro de Estado da Defesa.

Analistas veem o aumento do ritmo de testes como um esforço para construir armas operacionais, bem como para tirar proveito de um mundo distraído pelo conflito na Ucrânia e outras crises para “normalizar” seus testes.

Fonte: Yahoo!

Últimas

Empresário de Botucatu, Marcelo Nunes discute melhorias no Setor de Transporte com Ministro dos Transportes em Brasília

24/02/2024

O empresário de Botucatu, Marcelo Nunes, presidente da Associação Brasileira dos Fretadores Colaborativos (Abrafrec), teve uma...

Categorias