Construtor é morto pela própria mulher após espancá-la

Um homem foi assassinado a tiros pela esposa em Praia Grande, no litoral de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (29). Dayane Fernandes de Souza confessou ter matado o marido, João Carlos Rodrigues, após ser agredida.

Por volta das 0h30, a Polícia Militar foi acionada por Dayane para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo, no bairro Canto do Forte.

Ao chegar ao local, os policiais encontraram Rodrigues, que era um construtor conhecido na Baixada Santista, caído no chão, com ferimentos no tórax. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também foi acionado e a vítima encaminhada ao Hospital Irmã Dulce, no entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Aos PMs, em um primeiro momento, a esposa da vítima afirmou que dois criminosos invadiram a residência para um assalto e atiraram contra o marido.

Dayane foi encaminhada à Delegacia Sede do município e, durante depoimento à Polícia Civil, ela confessou ter cometido o assassinato.

Para o delegado Bruno Matteo Lazaro, ela afirmou ser constantemente agredida por Rodrigues e que, após mais uma série de agressões, pegou um revólver comprado pelo marido e atirou contra ele.

A suspeita também apontou para a polícia o local onde tinha deixado a arma, que foi apreendida pela PM.

Dayane foi presa em flagrante por homicídio e encaminhada à carceragem da Delegacia Sede de Praia Grade, onde está a disposição da Justiça.

Fonte: G1

Scroll Up