19 de maio, 2024

Últimas:

Como o mercado imobiliário se transformou com a Era Digital

Anúncios

Embora a Era Digital esteja em alta, ainda não atingiu o pico, o que significa que ela continuará se desenvolvendo ao longo dos próximos anos.

Por esse motivo, o mercado imobiliário precisou mudar suas estratégias de como lidar com o público para conseguir alcançar mais clientes e aumentar o número de vendas de novos empreendimentos.

Anúncios

O modo como as pessoas estão sempre conectadas à internet, seja por meio de celulares, tablets ou notebooks, modifica a forma de agir em muitos aspectos, sobretudo, em relação ao padrão de consumo.

Transformação no mundo

O mundo passou por várias transformações nos últimos anos, especialmente, na última década, devido à revolução tecnológica global. Cada vez mais pessoas estão conectadas à internet, presentes nas principais redes sociais e em diversas outras mídias, como o Google, o YouTube e as plataformas de e-commerce.

Anúncios

De maneira geral, isso fez com que as empresas promovessem mudanças internas, com o intuito de alcançar novos consumidores por meio da internet. Além disso, o fato dos consumidores estarem cada vez mais exigentes pode fazer com que a inadequação às alterações leve uma empresa a perder muitas vendas.

Dentro desse contexto, o mercado imobiliário precisou se adaptar à transformação digital que está acontecendo no mundo e tende a ser ainda mais profunda nos próximos anos.

Consumidor 4.0

Este novo modelo de cliente, que é o que as empresas pretendem alcançar, espera muito mais das instituições.

Ele procura qualidade, agilidade, preço justo e, além de saber analisar suas reais necessidades, possui informações suficientes para optar pelo melhor produto ou serviço.

Portanto, para uma empresa continuar competitiva no mercado imobiliário, é preciso oferecer as melhores condições possíveis aos clientes.

Mercado imobiliário 4.0

Vender sem vender: este é o lema dos novos corretores de imóveis, que precisaram se adaptar ao mercado imobiliário 4.0. O termo surgiu em 2017 e se refere a um setor que usa a tecnologia como sua principal aliada.

As empresas têm sites estruturados, que oferecem ferramentas revolucionárias, como imagens e vídeos 360º, corretor on-line e tour virtual. Eles também possuem um posicionamento melhor nas redes sociais, que são bons exemplos deste processo de evolução.

Corretores de imóveis e empresas que, de alguma forma, se opuserem à atualização, certamente, ficarão para trás.

Transformação no mercado imobiliário

A Era Digital modernizou muitos processos do setor imobiliário. Essa transformação tecnológica afetou toda a cadeia de produção, desde a maneira como os imóveis são construídos até a forma como são divulgados e vendidos. Veja algumas dessas principais mudanças abaixo.

Realidade virtual

As maquetes não são mais a única forma que o consumidor tem para conhecer o seu futuro imóvel. A tecnologia de realidade virtual já está em uso por muitas imobiliárias, em aplicativos bastantes promissores.

Por meio dessa tecnologia, os futuros compradores conseguem ver todos os detalhes do imóvel, sem a necessidade de estar fisicamente presente ali. Para isso, basta usar óculos 3D, projetado para este fim.

Esta ferramenta permite que a pessoa tenha a mesma visão daqueles que estão visitando a casa ou o apartamento presencialmente, o que é uma grande vantagem devido à economia de tempo.

Dessa forma, o visitante pode conhecer vários imóveis da cidade que pretende morar, sem a necessidade de se deslocar.

Contatos mais rápidos

A procura por qualquer serviço começa de forma on-line, com o consumidor pesquisando algum tipo de informação, como o preço.

Por meio de chats, o segmento imobiliário passou a atender o cliente já no primeiro contato com a marca e, mesmo se não houver um atendente para realizar essa tarefa, é possível programar um robô para executá-la.

Sendo assim, as dúvidas iniciais são sanadas, e os contatos posteriores se tornam mais diretos.

QR Code de distância

A tecnologia QR Code pode oferecer várias informações a um indivíduo, como preço, imagens do imóvel, folder com detalhes sobre os cômodos e até vídeos com um tour digital. Por meio dela, as pessoas conseguem dados imediatas, facilitando uma futura compra.

Visita remota

Alguns anos atrás, se uma pessoa quisesse alugar ou comprar um imóvel, ela precisaria ir até o local. Atualmente, basta entrar em aplicativos ou sites para ter acesso às várias opções.

Conteúdo Produzido para o Portal Leia Notícias

Talvez te interesse

Últimas

Anúncios Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.726 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (18) no Espaço da Sorte, na...

Categorias