Comerciante que filmava ataque em Araçatuba gravou áudio após ser baleado: ‘Acho que fui atingido’

O comerciante Renato Bortolucci, morto baleado enquanto filmava ação da quadrilha que assaltou agências bancárias de Araçatuba, no interior de São Paulo, gravou e enviou um áudio após ser atingido. A informação foi confirmada pela Polícia Civil.

“Nossa. Acho que fui atingido, ó, mano. Nossa Senhora. Meu Deus. Ai”, disse o comerciante no áudio.

Também circulam áudios gravados pelo comerciante antes dele ser atingido. Em um deles, Renato diz que “tiroteio no centro está louco”. Em outro, é possível escutar uma pessoa avisando o comerciante sobre o ataque.

De acordo com a polícia, a principal suspeita é de que Renato tenha sido morto enquanto filmava a ação da quadrilha. O caso ainda está em investigação. Porém, um vídeo que circula nas redes sociais mostra o comerciante atrás de um carro, escondido, enquanto é possível escutar diversos barulhos de tiros.

“Peraí que vou ajudar vocês aí. Peraí rapaz, é o Renatinho, vou trocar uma ideia com vocês aí. Não deu muito certo, não. Falei que ia trocar ideia com ele. Também quero uma fatia”, diz o comerciante, que gravava o vídeo.

Fonte: G1

Scroll Up