Com Letícia Bufoni, Brasil disputa torneio de skate street em Paris

Se estava batendo a saudade do skate depois das Olimpíadas, não precisa se preocupar. O skate street já tem seu primeiro compromisso definido: o Red Bull Paris Conquest. O torneio vai contar com a participação de 36 skatistas, incluindo nomes que foram para os Jogos de Tóquio. O Brasil terá seis representantes, com destaque para Letícia Bufoni. As classificatórias acontecem na terça, dia 17 de agosto e a final na quarta-feira dia 18.

A competição vai acontecer na Praça do Trocadéro, aos pés da Torre Eiffel, um dos maiores pontos turísticos da próxima sede olímpica. A pista também vai homenagear a França, com obstáculos representando sete locais icônicos para o skate de rua do país, entre eles: o meio-fio de Luxemburgo, os blocos de Bercy e as saliências da Place de la République.

Ao todo, serão 36 skatistas na disputa, sendo 24 homens e 12 mulheres. O Brasil terá seis representantes, sendo o maior nome a atleta olímpica, e 4ª melhor do mundo, Letícia Bufoni.

Os Brasileiros

Letícia Bufoni tem tudo para ser um dos maiores destaques do campeonato. A brasileira 4ª melhor do mundo é uma das mais cotadas para o título do skate feminino e chega com bastante vontade após ficar de fora da final olímpica por um triz.

Além dela, o Brasil tem mais três representante no street feminino: Virginia Fortes, que é a número 10 do mundo na categoria, Marina Gabriela, que ocupa a 51ª posição no ranking, e Monica Torres, integrante da seleção brasileira de skate.

No maculino, o Brasil leva dois representantes: Lucas Rabelo, número 24 do mundo, e o veterano Tiago Lemos.

É melhor ficar de olho

Além dos brasileiros, vale retribuir a torcida para Angelo Caro, o peruano que vibrou com a conquista de Kelvin em Tóquio. Caro ficou em 5º nas Olimpíadas e é o 16º no ranking mundial.

Os franceses Vincent Milou e Aurelien Giraud também prometem chamar atenção disputando o campeonato em casa. Os dois tiveram boas atuações nas Olimpíadas: Milou acabou na quarta colocação e Giraud se classificou para a final com a melhor nota.

Outra atleta olímpica que promete dar trabalho é Aori Nishimura. A japonesa, número 3 do ranking, teve uma atuação muito abaixo das expectativas terminando em último lugar na final olímpica em sua terra natal. Nishimura vai entrar na briga pelo título feminino.

Veja a lista completa de participantes

Masculino:

  • Lucas Rabelo (Brasil)
  • TJ Rogers (Canadá)
  • Aurelien Giraud (França) – participou das Olimpíadas
  • Vincent Milou (França) – participou das Olimpíadas
  • Tim Débauché (França)
  • Gustavo Ribeiro ( Portugal) – participou das Olimpíadas
  • Nassim Lachhab (Marrocos)
  • Matias Dell Olio (Argentina)
  • Denny Pham (Alemanha)
  • Trevor Mc Clung (Estados Unidos)
  • Lawrence Ravail (França)
  • George Poole (Inglaterra)
  • Noah Mahieu (França)
  • Jake Wooten (Estados Unidos)
  • Vladik Scholz (Alemanha)
  • Tiago Lemos (Brasil)
  • Angelo Caro (Peru) – participou das Olimpíadas
  • Matisse banc (França)
  • Jake Ilardi (Estados Unidos) – participou das Olimpíadas
  • Oskar Rosenberg (Alemanha)
  • Robin Fournier (França)
  • Dario Mattarollo (Argentina)
  • Robin Bolian (França)

Feminino:

  • Leticia Bufoni (Brasil) – participou das Olimpíadas
  • Monica Torres (Brasil)
  • Cata Diaz (Chile)
  • Charlotte Hym (França) – participou das Olimpíadas
  • Candy Jacobs (Holanda)
  • Aori Nishimura (Japão) – participou das Olimpíadas
  • Marina Gabriela (Brasil)
  • Andrea Benitez (Colômbia) – participou das Olimpíadas
  • Eugenia Ginepro (Argentina)
  • Virginia Fortes (Brasil)
  • Itzel Granados (México)
  • Rafaela Costa (Portugal)

Fonte: G1 – Foto: Wander Roberto/COB

Scroll Up